Américas Candidato republicano acusado de agredir jornalista do The Guardian

Candidato republicano acusado de agredir jornalista do The Guardian

O jornalista Ben Jacobs, do The Guardian, acusou esta quinta-feira o candidato republicano ao Congresso norte-americano Greg Gianforte de o ter agredido e de lhe ter partido os óculos. Vários outros jornalistas testemunharam o incidente.
Candidato republicano acusado de agredir jornalista do The Guardian
Reuters
Negócios 25 de maio de 2017 às 09:37
Um jornalista do diário britânico The Guardian acusou na quarta-feira um membro do Partido Republicano norte-americano de o ter atirado ao chão e de lhe ter partido os óculos. A altercação entre Greg Gianforte, candidato no estado de Montana (norte) a uma eleição parcial ao Congresso, e o jornalista Ben Jacobs decorreu durante um evento organizado na sede de campanha do republicado em Bozeman, no Montana, noticiou o jornal The Guardian.


"Greg Gianforte atirou-me ao chão e partiu-me os óculos", escreveu Jacobs na sua conta da rede de mensagens instantâneas Twitter.

O incidente teve lugar depois de o jornalista ter colocado uma questão sobre o sistema de saúde.

Outras pessoas corroboraram a versão do jornalista. "O Ben entrou na sala onde uma equipa de televisão local estava instalada para uma entrevista com Gianforte", disse o jornalista da BuzzFeed Alexis Levinson no Twitter.
"De repente ouvi um enorme estrondo e vi os pés de Ben no ar antes de cair no chão".  

Em comunicado, a equipa do candidato republicano disse que o incidente ocorreu quando Gianforte estava a dar uma entrevista: "Ben Jacobs, do The Guardian, entrou no gabinete sem autorização, agitou um gravador na cara de Greg de forma agressiva e começou a lançar questões".

O candidato republicano alega que pediu ao jornalista para sair da sala e baixar o gravador, mas sem sucesso, referiu o comunicado, que descreve que Jacobs agarrou o pulso de Greg e empurrou-o, "fazendo-os cair aos dois".

No registo de áudio do jornalista, ouve-se Gianforte a pedir-lhe para sair, mas não para tirar o gravador.

O jornal disse estar "consternado" com o caso e os democratas pediram a Gianforte para retirar a candidatura.

A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 dia

E por fim o Gianforte ganhou as ileicoes e os jornaleiros agitadores continuam a levar cachaporra.

Anónimo Há 3 dias

O jornalista do The Guardian deve lembrar-se da sua posição quanto ao Brexit?? Ou não?? Estão bons uns para os outros de um lado cowboys do outro saloios pálidos.

pub