Política Carlos Encarnação defende "congresso extraordinário no PSD"

Carlos Encarnação defende "congresso extraordinário no PSD"

O ex-dirigente social-democrata defende, em entrevista à Antena 1, que Passos se auto-questione: "Estou a ser útil". E lembra que as soluções do partido podem ser boas, mas não têm apoio popular que garantam uma maioria ao PSD.
Negócios 22 de Dezembro de 2016 às 11:54

Carlos Encarnação, antigo dirigente do PSD, considera que o partido deve ter um congresso extraordinário. O antigo presidente da câmara municipal de Coimbra defende que Passos Coelho deve pensar se está a ser útil e que as soluções do partido devem provocar menos divisões na sociedade.

As declarações de Carlos Encarnação foram feitas em entrevista à Antena 1. O antigo dirigente social-democrata recomenda que o líder social-democrata se auto questione: "Estou a ser útil?" e avança com a sugestão para que Passos reúna os órgãos do partido e que, porventura, decida um "congresso extraordinário".

O próximo congresso do PSD está marcada para Fevereiro de 2018, ou seja, depois das autárquicas, mas o partido tem vivido momentos de inquietação quanto à estratégia do líder, perante a descida nas sondagens e a subida do PS (que nalguns já dispensaria o apoio dos seus parceiros para formar Governo).

Carlos Encarnação rejeita a ideia de Passos Coelho ser o candidato do PSD à câmara de Lisboa. "Só por maldade" é que o nome do líder é ventilado para preencher esse lugar, admite o ex-secretário de Estado da Administração Interna, acrescentado que Passos poderia ter "um mau resultado".

Quanto à estratégia actual do PSD, Encarnação defende, na mesma entrevista à Antena 1, que "o PSD está a dizer o mesmo para os mesmos há muito tempo, com o problema de os mesmos serem cada vez menos".

"O PSD já percebeu que enquanto continuar a dizer o que está a dizer, da maneira como diz, muito dificilmente, para não dizer nunca, terá apoio popular que lhe dê apoio de uma maioria", admite Encarnação, que faz parte do grupo de reflexão do partido "Portugal não pode esperar".

"As soluções poderiam ser óptimas, mas talvez seja bom tentar ensaiar outras que não sejam tão boas, mas que sejam mais aproximadas, que consigam fazer com que as pessoas não estejam divididas dentro da sociedade."




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 4 semanas


Comemorações Oficiais

Ladrões PS- PCP- BE- FP- CGA - 40 ANOS A ROUBAR OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO


MAIS UM ORÇAMENTO CRIMINOSO DA GERINGONÇA E DOS SEUS APOIANTES.

Mais despesa

Mais dívida

Mais juros

Mais impostos

MAIS DESIGUALDADE SOCIAL


comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

CARLOS ENCARNAÇÃO ESTÁ A PERDER OPORTUNIDADES SERÁ Q ESTÁ A FICAR VELHO? NÃO SE VIU HÁ MUITO QUE PASSOS FOI UM ERRO DE CASTING IMPULSIONADO PELOS JAGUNÇOS RELVAS E OCULINHOS MARCO ANTÓNIO?! AGORA NÃO ESCOLHAM MAIS PSICOPATAS NEM INEXPERIENTES MAIS VALE O QUE ESTÁ PQ O PSD PRECISA DE SENSIBILIDADE.

victor pereira Há 4 semanas

O Dr. Passos Coelho parou no tempo. Ele, sabe bem, nesta altura que os Psd do País não estão contentes com a sua actuação. Ficar-lhe-ía bem ser honesto com ele próprio e não teimoso. Quanto mais tempo estiver nesta situação, cada vêz mais, a sua imagem desaparece. Vêr sondagens.

Anónimo Há 4 semanas

Carlos Encarnação defende "congresso extraordinário no PSD"
FINALMENTE ALGUÉM COM BOM SENSO!

surpreso Há 4 semanas

Mais um m.erdas a mudar de agulha.Aguenta ,Passos,és o melhor!

ver mais comentários
pub