Economia Casais desempregados com filhos também terão corte de 6% no subsídio de desemprego

Casais desempregados com filhos também terão corte de 6% no subsídio de desemprego

Afinal a majoração do subsídio de desemprego para casais desempregados com filhos será mais baixa do que o Governo tem avançado. É que, segundo o jornal "Público", o reforço de 10% na prestação social apenas será feito depois de subtraída a nova contribuição de 6% para a Segurança Social.
Negócios 02 de novembro de 2012 às 08:44
O corte de 6% do subsídio de desemprego é mesmo para todos. A partir de Janeiro de 2013, o subsídio de desemprego de casais desempregados e com filhos também terá uma redução nesse montante, sendo só depois majorada em 10%, avança fonte oficial do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social ao "Público".

Ao mesmo tempo, o Governo decidiu também alargar esta majoração a mais situações. Até agora, sempre que um dos membros do casal arranjava emprego ou quando o subsídio de desemprego se esgotasse, este apoio complementar era cancelado para ambos. Em 2013, o cônjuge que continuar a ter direito à prestação, continuará a beneficiar de uma majoração de 10%.

O Governo estima que estas alterações façam com este acréscimo do subsídio passe a abranger 14 mil desempregados, mais quatro mil do que actualmente.

A sua opinião7
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
moinho de maré 04.11.2012

O número de casais desempregados tem aumentado nos últimos meses. Todos os dias ouvimos más notícias. Causa-me repulsa, saber que os meus impostos, servem para pagar a incúria e os ordenados a gente sem escrúpulos e nada patriotas. Não lhes resta um mínimo de dignidade para se demitirem. O povo tem que continuar mostrar o seu descontentamento e ir para a rua, porque é na rua que se faz a história do povo. Vocês vão ver os ratos e os coelhos saltarem à paulada à nossa frente.

Fabio JR 02.11.2012

Andei a descontar durante 37 anos, hoje preciso da ajuda do estado, porque estou desempregado. Se estes descontos forem efetuados, faço queixa ao tribunal internacional e vao ter que devolver o que me querem tirar.

Sr.Tuga 02.11.2012

CHULOS sem piedade...

Anónimo 02.11.2012

Feita aqui, amiúde, cuja resposta pode bem dar a gravidade da notícia acima; Os chineses já pagaram o que devem pela EDP? São milhões! Consta do orçamento do Estado tal pagamento? Agradeço resposta.

ver mais comentários
pub