Segurança Social
Casais desempregados com filhos também terão corte de 6% no subsídio de desemprego
02 Novembro 2012, 08:44 por Jornal de Negócios Online | negocios@negocios.pt
7
Enviar por email
Reportar erro
0
Afinal a majoração do subsídio de desemprego para casais desempregados com filhos será mais baixa do que o Governo tem avançado. É que, segundo o jornal "Público", o reforço de 10% na prestação social apenas será feito depois de subtraída a nova contribuição de 6% para a Segurança Social.
O corte de 6% do subsídio de desemprego é mesmo para todos. A partir de Janeiro de 2013, o subsídio de desemprego de casais desempregados e com filhos também terá uma redução nesse montante, sendo só depois majorada em 10%, avança fonte oficial do Ministério da Solidariedade e da Segurança Social ao "Público".

Ao mesmo tempo, o Governo decidiu também alargar esta majoração a mais situações. Até agora, sempre que um dos membros do casal arranjava emprego ou quando o subsídio de desemprego se esgotasse, este apoio complementar era cancelado para ambos. Em 2013, o cônjuge que continuar a ter direito à prestação, continuará a beneficiar de uma majoração de 10%.

O Governo estima que estas alterações façam com este acréscimo do subsídio passe a abranger 14 mil desempregados, mais quatro mil do que actualmente.
7
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags: