Empresas Catarina Martins pede resgate público da concessão da Fertagus

Catarina Martins pede resgate público da concessão da Fertagus

A coordenadora do BE, Catarina Martins, defendeu esta quarta-feira que se deve começar a preparar o resgate público da concessão privada da Fertagus, que termina em 2019, colocando a empresa na CP, de onde nunca deveria ter saído.
Catarina Martins pede resgate público da concessão da Fertagus
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 20 de setembro de 2017 às 19:31

Na primeira acção de campanha autárquica, depois de uma viagem de seis quilómetros de bicicleta entre a estação ferroviária do Fogueteiro e o Seixal, foi já durante uma viagem de barco entre o Seixal e o Barreiro que Catarina Martins explicou aos jornalistas a importância da "propriedade pública dos transportes colectivos".

 

"Eu lembro que o contrato, a concessão privada da Fertagus acaba em 2019, o que quer dizer que este é o momento para preparar o resgate público dessa concessão e colocar na CP o que nunca deveria ter deixado de ser da CP, até porque eu lembro, os comboios da Fertagus são alugados à CP", sugeriu.

 

Para Catarina Martins, são precisas "respostas de transportes públicos, de propriedade pública em todo o país, é assim em Lisboa, é assim no Porto, seguramente tem que ser assim também na margem sul".




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Esta aldrabona hipocrita 20.09.2017

Está a meter as fuças e as garras nos transportes da fertagus, lembrem-se que a fulana nem para atriz prestava, querem maior prova para esta nulidade...

General Ciresp 20.09.2017

Como diz o canhoto:raposa de rabo escondido.Um dia anda o canhoto de chapeu com peninha,a raposa pensa que esta a dar com um galo e vai haver ferradela pela certa.E que a raposa nao gosta de uvas mas sim duma frangalhada.

JMBorralho 20.09.2017

Sou residente na margem sul. Se há transporte de passageiros que funciona bem é este. Ainda bem que saiu da CP.
Não estraguem! Não alimentem as filas da ponte 25 de abril.
Evite temas que não conhece para ser título de notícias.

pub