Política Catarina Martins: "O que nos interessa é a política e não o exercício do poder"

Catarina Martins: "O que nos interessa é a política e não o exercício do poder"

Em entrevista ao Negócios, a coordenadora do Bloco de Esquerda diz que o exercício do poder já foi visto como um fim de si próprio. Diz que não é o caso do Bloco, que não quer cargos no Governo nem direcções-gerais.
Negócios 20 de Outubro de 2016 às 21:06



A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Anónimo Há 2 semanas

Por outras palavras. Armar confusão e dizer asneiras, sem assumir responsabilidades. Afinal a diferença de ordenado é pequena.

comentários mais recentes
SOUDAQUI Há 1 semana

Depois o mentiroso e o Passos. Que não mente tanto e tão descaradamente!

Anónimo Há 1 semana


Um governo de ladrões

PS - PCP - BE -- ROUBAM OS TRABALHADORES E PENSIONISTAS DO PRIVADO



NOVAS PENSÕES MÍNIMAS SERÃO SUJEITAS A PROVA DE RENDIMENTO...

para se gastar mais dinheiro com os subsídios às pensões douradas da CGA.


(As pensões da CGA são subsidiadas em 500€, 1000€, 1500€ e mais, por mês.

Estas pensões sim, devem ser sujeitas a condição de recursos.

E não as mínimas.)


xxx Há 2 semanas

É para ler ao contrário. O BE tem sacrificado todas as bandeiras a troco de se infiltrar na máquina estatal. O sonho do BE é ter uma CGTP só deles e poderem também paralizar o país quando lhes apetecer. É um poder que só o PCP tem neste momento, e é grande.

Anónimo Há 2 semanas

Por outras palavras. Armar confusão e dizer asneiras, sem assumir responsabilidades. Afinal a diferença de ordenado é pequena.

pub
pub
pub
pub