Política Cavaco: "Distanciamento" mediático é fundamental para a dignidade do Presidente"

Cavaco: "Distanciamento" mediático é fundamental para a dignidade do Presidente"

Sem mencionar Marcelo, o ex-presidente da República critica a proximidade do seu sucessor aos media. E garante: "durante dez anos, nunca telefonei a um jornalista".
Cavaco: "Distanciamento" mediático é fundamental para a dignidade do Presidente"
Negócios 18 de março de 2017 às 10:55
Já muito se disse e se escreveu sobre as diferenças no exercício das funções de Presidente da República entre Marcelo Rebelo de Sousa e o seu antecessor, Aníbal Cavaco Silva. A partir deste sábado, ficou a saber-se, através da entrevista que concedeu ao jornal Público, que Cavaco Silva desaprova a proximidade de Marcelo aos media, considerando que é atentatória da dignidade das funções do Presidente.

Questionado sobre o distanciamento que sempre cultivou face à comunicação social, o ex-presidente responde que "este distanciamento, em minha opinião, é fundamental para a dignidade do exercício da função".

Para Cavaco Silva, é preciso "respeitar os profissionais da comunicação social que analisam e acompanham o Presidente da República, mas manter a total independência [...] é uma exigência da dignidade no exercício da função. Por isso, garante, "durante dez anos nunca telefonei a um jornalista", ao contrário do que é a prática de "muitos políticos que telefonam com frequência", no que pode ser lido como uma referência directa ao actual Presidente. E continua: "É a minha interpretação do exercício do exercício do mandato: independência de todos os poderes, sejam corporações económicas, seja do meio jornalístico, seja de partidos. Acho que desempenhei a função com muita isenção".








A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
cavaquinho 20.03.2017

este marmelo ainda nao esta preso ????? personagem..repugnante

Anónimo 18.03.2017

Como 1º Ministro e como Presidente foi um Falhado.

pub
pub
pub
pub