Política Cavaco será "cabeça de cartaz" da Universidade de Verão do PSD

Cavaco será "cabeça de cartaz" da Universidade de Verão do PSD

A intervenção de Cavaco Silva está marcada para quarta-feira, às 10:00, e terá por tema "Os Jovens e a Política: Quando a realidade tira o tapete à ideologia", uma ideia já abordada pelo antigo chefe de Estado.
Cavaco será "cabeça de cartaz" da Universidade de Verão do PSD
Lusa 27 de agosto de 2017 às 14:00

A 15.ª Universidade de Verão do PSD, iniciativa de formação de jovens que marca a ‘rentrée’ política do partido, arranca na segunda-feira em Castelo de Vide (Portalegre) e terá no ex-Presidente da República Cavaco Silva o ‘professor’ mais destacado.

 

A intervenção de Cavaco Silva está marcada para quarta-feira, às 10:00, e terá por tema "Os Jovens e a Política: Quando a realidade tira o tapete à ideologia", uma ideia já abordada pelo antigo chefe de Estado.

 

Em dezembro de 2015, ainda Presidente da República e já com o atual Governo em funções, Cavaco Silva afirmou que, embora a "governação ideológica" possa durar algum tempo, acaba sempre por ser "derrotada pela realidade".

 

"Observando a zona euro, verificamos que a governação ideológica pode durar algum tempo, faz os seus estragos na economia, deixa faturas por pagar, mas acaba sempre por ser derrotada pela realidade", afirmou no encerramento do Conselho da Diáspora, apontando a situação da Grécia como "exemplo que em matéria de governação a realidade acaba sempre por derrotar a ideologia".

 

Desde que deixou a Presidência, o antigo líder do PSD já lançou um primeiro livro sobre os seus dez anos em Belém – "Quinta feira e outros dias", estando a preparar o segundo volume –, foi alvo de várias homenagens e participou em diversas iniciativas públicas, mas foram raras as suas intervenções políticas, tendo, até agora, evitado comentar temas de actualidade.

 

Numa das suas últimas iniciativas, em Paredes (Porto), na inauguração de um centro escolar, Cavaco Silva recusou responder a perguntas sobre o crescimento da economia portuguesa, alegando continuar "numa fase de recato".

 

"Eu decidi, neste primeiro ano ou dois anos, não fazer quaisquer comentários sobre a situação política ou que possa ser entendida como comentário da actividade governativa. Atualmente, estou a escrever o segundo volume das minhas memórias, que em devido tempo irei revelar, mas agora estou na fase do recato", disse então.

 

A 15.ª Universidade do Verão do PSD arranca na segunda-feira, com intervenções do diretor da Universidade de Verão, o eurodeputado Carlos Coelho, do presidente da JSD, Simão Ribeiro, e do presidente do Instituto Sá Carneiro, Pedro Reis, seguindo-se um jantar com uma intervenção de Jaime Ramos, médico e candidato apoiado por PSD e CDS-PP à Câmara Municipal de Coimbra.

 

Na terça-feira, os trabalhos começarão com uma intervenção do professor universitário António Costa Silva sobre "Clima, Ambiente e Energia", seguindo-se uma palestra de Daniel Traça (diretor da Nova School of Business and Economics) sobre "Forças e fraquezas da economia portuguesa". O comissário europeu para a Investigação, Ciência e Inovação Carlos Moedas será o convidado do primeiro jantar-conferência.

 

Na quarta-feira, além da ‘aula’ de Cavaco Silva, os cerca de 100 jovens que participam na iniciativa de formação do PSD ouvirão ainda Maria Manuel Mota (cientista portuguesa que recebeu o Prémio Pessoa em 2013) falar sobre "A Ciência muda o nosso futuro?" e, à noite, o deputado do PSD e professor universitário Miguel Morgado.

 

Os deputados sociais-democratas Paula Teixeira da Cruz e Ricardo Leite vão ser, na quinta-feira de manhã, os protagonistas de um debate sobre a eutanásia, matéria na qual o partido dará liberdade de voto quando existirem iniciativas legislativas. À noite, o deputado e ex-membro do secretariado do PS Sérgio Sousa Pinto é o convidado do jantar-conferência.

 

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel vai ser o nome forte dos trabalhos de sexta-feira, com uma conferência sobre "Portugal e o futuro da Europa", seguindo-se um debate sobre incêndios com os especialistas António Louro e Marco Martins e, à noite, um jantar-conferência com Catarina Albuquerque (Prémio Água Global 2016).

 

O ex-ministro adjunto e do Desenvolvimento Regional Miguel Poiares Maduro protagonizará o jantar-conferência de sábado da Universidade de Verão do PSD, que terminará no domingo, 03 de setembro, com o encerramento a cargo do presidente do partido, Pedro Passos Coelho.

A iniciativa de formação política de jovens quadros políticos realiza-se há 15 anos em Castelo de Vide, contando este ano com cerca de 100 jovens de várias nacionalidades, estando inscritos alunos da Bielorrússia e de vários Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP).




A sua opinião35
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
... e o dito fica com o MEO ARENA de borla Há 3 semanas

Uma pergunta pertinente:
Será que o empréstimo, que o genro deste indivíduo, Luís Montez, contraiu, junto do então BES, de 22 Milhões de euros, para a compra do então Pavilhão Atlântico (agora MEO ARENA) foi contabilizado no BES MAU ou no NOVO BANCO?
Se foi no BES MAU, pagá-lo-emos nós todos ...

MANUEL ALEGRE foi seu aliado nas Presidenciais de Há 3 semanas

Não fora a birra de MANUEL ALEGRE (da ala direita do PS), nas Presidenciais de 2006, em insistir em dividir a Esquerda e nunca, repito, nunca este medíocre teria sido PR, que venceu, à tira, pela percentagem de 50,54 %, cargo que ocupou para mal de todos os que vivem dos seus salários e reformas.

O passado fala deste medíocre melhor que tudo Há 3 semanas

Este ser, de nome CAVACO, assumiu atitudes de uma baixeza inaudita.
Dentre elas, negou um subsídio à viúva de SALGUEIRO MAIA, o HERÓI DO 25 DE ABRIL, para o atribuir, depois, a 2 PIDES.
Negou a CARLOS DO CARMO qq homenagem pelo LATIN GRAMMY, para, de seguida, condecorar o estilista da mulher

Toy Boy Há 3 semanas

O tal que dizia que o BES estava solido

ver mais comentários
pub