Conjuntura Centeno evita números optimistas de Marcelo

Centeno evita números optimistas de Marcelo

Ministro das Finanças garante que bons resultados na economia no primeiro trimestre não são temporários, mas recusou ficar colado às previsões de Marcelo, que admite um crescimento de 3,2% este ano.
Centeno evita números optimistas de Marcelo
Bruno Simão/Negócios
Marta Moitinho Oliveira 19 de maio de 2017 às 18:09

O ministro das Finanças garantiu esta sexta-feira que o crescimento económico de 2,8% registado no primeiro trimestre veio para ficar mas não quis associar-se ao cenário admitido um dia antes pelo Presidente da República, que admitiu que o PIB possa crescer este ano 3,2%.

Mário Centeno falava no Parlamento e respondia a questões colocadas pelos deputados do PSD que quiseram saber a opinião do governante sobre os números avançados quinta-feira pelo chefe de Estado.

Na Croácia, onde está em visita de Estado, Marcelo Rebelo de Sousa admitiu que "é uma hipótese que não está afastada" Portugal conseguir este ano um crescimento económico à volta de 3,2% e um défice de 1,4%.

No Orçamento, o Governo prevê um aumento do PIB de 1,8% e um défice de 1,5%.

No Parlamento, Mário Centeno disse partilhar o optimismo do Presidente, mas garantiu não ter referido os números de Marcelo quando se mostrou confiante nos resultados da economia. "Não falei de números", disse. "Fizeram um malabarismo para me associar aos números" do Presidente da República, acusou, dirigindo-se aos deputados sociais-democratas.

No entanto, o ministro das Finanças assegurou que o bom resultado do primeiro trimestre não será um caso isolado. "Não estamos a falar de um fenómeno meramente temporário", afirmou.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Conselheiro de Trump 19.05.2017

Seria o maior inedito da historia um curral de toda a variedade de animais de pequeno porte entregue as raposas(gerigonca) e aos lobos(radicais) e eles o reproduzissem..O INE mais parece o metereologista da economia,o do tempo nunca se engana quando falado passado,ja o mesmo nao se pode dizer do INE

pub
pub
pub
pub