Justiça Centeno investigado por "recebimento indevido de vantagem"

Centeno investigado por "recebimento indevido de vantagem"

É este, segundo o "Expresso", o tipo de crime que levou inspectores da PJ e magistrados do DIAP a realizarem buscas no Ministério das Finanças.
Centeno investigado por "recebimento indevido de vantagem"
Negócios 28 de janeiro de 2018 às 13:01

O Ministério Público está a investigar suspeitas de que Mário Centeno possa ter usado o cargo para obter um benefício ilícito. Segundo uma fonte não identificada afirmou ao Expresso, "o que está em causa é um recebimento indevido de vantagem".

O Ministério das Finanças foi alvo de buscas na sexta-feira. A Procuradoria-Geral da República (PGR) confirmou no sábado as buscas realizadas "para recolha documental", num inquérito que "não tem arguidos constituídos e está em segredo de justiça".

 

As buscas por magistrados do Ministério Público tinham sido confirmadas também por uma fonte do gabinete do ministro Mário Centeno, depois de a notícia ter sido avançada pelo Correio da Manhã. O jornal avança hoje que os e-mails do ministro foram analisados.

 

A acção da PJ e do Ministério Público estará ligada ao processo de isenção de IMI a um prédio de uma empresa do filho de Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, atribuída depois de o gabinete do ministro ter pedido dois bilhetes para Mário Centeno e o filho irem assistir um encontro com o FC Porto. O pedido consta de um email de 1 de Abril de 2017 na posse do Ministério Público.

 

A 8 de Janeiro, em Bruxelas, Mário Centeno garantia que "não há polémica rigorosamente nenhuma". "Há um cumprimento escrupuloso do código de conduta a que todos os membros estão obrigados", disse, justificando a troca de e-mails com o Benfica com "questões de segurança" dos membros do Governo.

 

O "recebimento indevido de vantagem" é o mesmo crime que levou à constituição como arguidos dos secretários de Estado que viajaram a convite da Galp para o campeonato da Europa de França.




A sua opinião27
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
mais votado Desanimado 29.01.2018

O ministério público que recorrentemente vem a público queixar-se de falta de meios humanos e financeiros e que tem processos atrasados que duram há anos faz um alarido por causa de bilhetes de futebol?????!????!!!?? Pergunto, quais são a final as prioridades deste ministério público com tanto corrupto de milhões que anda por aí à solta????????????? Tenham vergonha!!!!!!!!!

comentários mais recentes
Desanimado 29.01.2018

O ministério público que recorrentemente vem a público queixar-se de falta de meios humanos e financeiros e que tem processos atrasados que duram há anos faz um alarido por causa de bilhetes de futebol?????!????!!!?? Pergunto, quais são a final as prioridades deste ministério público com tanto corrupto de milhões que anda por aí à solta????????????? Tenham vergonha!!!!!!!!!

demissão imediata da PGR 29.01.2018

Convoque-se uma grande manif e faça-se um abaixo assinado para exigir a demissão imediata da PGR. Ela transformou a justiça numa pestilência venenosa.

Querem-me convencer que se corrompe um ministro 29.01.2018

com 2 bilhetes de futebol? Tenham juízo.

pertinaz 29.01.2018

ENTÃO...???... DEIXEM LÁ O SEM TINO EM PAZ....

TANTO BARULHO POR CAUSA DE UMAS CUNHAS SEM IMPORTÂNCIA...

O HOMEM AMEAÇA DEMITIR-SE,,,!!!

ver mais comentários
pub