Orçamento do Estado Centeno: Modelo falhou? "Não vejo onde esteja fundada tal coisa"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Centeno: Modelo falhou? "Não vejo onde esteja fundada tal coisa"

Centeno recusa o falhanço do modelo de crescimento económico do Governo, explicando a questão sobretudo com a quebra da confiança e com a economia externa, muito abaixo do esperado aquando do Orçamento anterior.
Centeno: Modelo falhou? "Não vejo onde esteja fundada tal coisa"
Bruno Simão/Negócios

Perante as críticas relativas ao baixo crescimento, o ministro das Finanças pede que se avaliem os dados nas suas várias dimensões, olhando também para os dados do emprego e para a consolidação orç

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião19
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado 00SEVEN Há 3 semanas

O modelo do SemTino nunca pode falhar!
Tem a faca e o queijo na mão para aumentar impostos e o PCP, BE e Verdes, sedentos de poder, não estão lá para barafustar mas para aplaudir mesmo que seja a eliminação da CES que é um imposto sobre os ricos!
Também acham que, como partidos de esquerda radical, não se aumentem as pensões mais baixas porque já foram aumentadas no passado mas a realidade é que continuam a ser as mais baixas!
Figas canhoto com tal gente!

comentários mais recentes
Mário Rui Martins Há 3 semanas

Quando se faz um orçamento baseado em previsões de receita e de despesa e se falha redondamente porque segundo o próprio diz houve uma quebra de confiança, o falhanço ainda é maior porque o orçamento saiu completamente desadequado á politica traçada. O falhanço foi completo foi um casamento completamente falhado entre um orçamento e uma politica que não conseguiu trazer confiança ao orçamento que a acompanhava.

João Caxias Silva Há 3 semanas

O tipo do Iraque também dizia que os americanos nunca lá iam entrar...

Antonio José Há 3 semanas

Àh aqui "pessoas" com grande "nivel"

Paulo Seixas Há 3 semanas

O homem não sabe fazer contas....https://www.youtube.com/watch?v=wS4pRck_atg

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub