Defesa Chamada da Margem Sul denunciou armas furtadas em Tancos

Chamada da Margem Sul denunciou armas furtadas em Tancos

Um telefonema realizado às três da manhã forneceu a localização das armas que tinham sido furtadas de Tancos em Junho. O Correio da Manhã revela o conteúdo da chamada na sua edição desta quinta-feira, 19 de Outubro.
Chamada da Margem Sul denunciou armas furtadas em Tancos
Força Aérea Portuguesa
Negócios 19 de outubro de 2017 às 10:31

"O material militar está (…) Só têm de seguir o ribeiro, junto à ponte da Chamusca (…) acreditem que é verdade, acreditem que é verdade". Segundo o Correio da Manhã foi este o telefonema que, pelas três da manhã de 18 de Outubro, chegou ao telemóvel do piquete da Polícia Judiciária Militar.

 

As armas furtadas em Tancos em Junho passado viriam mesmo a ser descobertas horas depois na morada indicada. O anónimo autor da chamada não foi identificado, mas esta foi efectuada a partir de uma cabine de telefone pública na Margem Sul, segundo o jornal. Por encontrar estão ainda 1.450 munições de nove milímetros, que a Polícia Judiciária Militar acredita que eram o que realmente interessava a quem cometeu o furto.

 

A tese é a de que as armas agora encontradas não interessavam de facto a quem as furtou e que, por isso, terá tomado a decisão de as devolver e assim se livrar delas, acrescenta o Correio da manhã, que aponta para que em causa estejam militares.

 

As armas devolvidas encontravam-se molhadas da chuva e a céu aberto, num terreno de passagem junto à base de Santa Margarida.




A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 4 semanas

SOU DA OPINIÃO DO MINISTRO, NÃO HOUVE ROUBO NENHUM!
SEGUNDO A LEI, PARA HAVER ROUBO TEM DE SER EMPREGUE VIOLÊNCIA!
AS ARMAS FORAM DESVIADAS PELO SEU "RÓPRIO PÉ".
O BURACO NA REDE FOI PARA ENGANAR OS BEM INTENCIONADOS, INCLUINDO O P.R. QUE AGORA DEVERIA DIZER ALGO SOBRE ISTO.
PARAR SALTAR AQUELE ARAMADO NÃO É NECESSÁRIO FAZER BURACOS NA REDE (ESTIVE LÁ NO SERVIÇO MILITAR).
ACHAM QUE AS ARMAS SAIRAM POR ALI?
AINFORMAÇÃO DA LOCALIZAÇÃO DAS ARMAS "ROUBADAS", SURGE NO DIA "D".
ERA NECESSÁRIO AMACHUCAR AINDA MAIS O DR COSTA, SÓ QUE NÃO RESULTOU, SENÃO VEJAMOS COMO A IMPRENSA TRATOU O CASO E O RELEVO QUE LHE DEU!

Anónimo Há 4 semanas

As armas foram devolvidas porque foram por engano.
Já as munições que seria o que interessava, não foi devolvido.
Não terão sido já gastas ????????
Espalhadas por esses pinhais e eucaliptais fora deste Portugal de JAVARDOS onde é proibido a caça ao JAVALI ????

vidasil Há 4 semanas

Senhores jornalistas quando é que deixam de cometer erros? É que dizer «Margem Sul» ou «Margem Norte» é de uma incompetência extrema. Que eu saiba, e todos aprendemos, só existe 2margens: direita e esquerda. O resto é uma pura invenção de um iluminado que quis ficar na história pelo ridículo

Armas e fogos deu jeito há direi-talha. Há 4 semanas

Não ganham em votos mas ganham em truques. O povo é sábio.

ver mais comentários
Saber mais e Alertas
pub