Economia Chefe da NATO acusa a Rússia de ter "minado a estabilidade na Europa"

Chefe da NATO acusa a Rússia de ter "minado a estabilidade na Europa"

O secretário-geral da NATO, Jens Stoltenberg, acusou hoje a Rússia de ter "minado a estabilidade e a segurança na Europa" pelo seu "comportamento agressivo", durante um colóquio em Itália.
Chefe da NATO acusa a Rússia de ter "minado a estabilidade na Europa"
Bloomberg
Lusa 24 de agosto de 2017 às 18:16
"Após a guerra fria, trabalhámos activamente para criar uma parceria estratégica com a Rússia", declarou Jens Stoltenberg, durante o encontro, organizado em Rimini, sobre o tema da defesa e da paz no mundo.

"No entanto, o comportamento agressivo da Rússia minou a estabilidade e a segurança na Europa", acrescentou.

"A NATO não procura o confronto com a Rússia", sublinhou o chefe da Aliança Atlântica, que recordou que em 2014 a Rússia "anexou ilegalmente a Crimeia".

"Foi a primeira vez após a II Guerra Mundial que uma nação europeia tomou pela força o território de outro país", afirmou.

"A Rússia continua a desestabilizar a Ucrânia oriental, promove um conflito no qual cerca de 10.000 ucranianos foram mortos e isso muda enormemente o nosso contexto de segurança", prosseguiu.

Sublinhou ainda que a NATO tem uma dupla abordagem perante a Rússia: a defesa e o diálogo. "Acredito fortemente no diálogo", concluiu.



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
beachboy 24.08.2017

...não pode haver diálogo!...
...tem de haver sanções e embargo comercial crescente!...
...só isso!...
...até vir um governante com mais bom senso!...

Camponio da beira 24.08.2017

Há coincidencias do caraças... ainda hoje um gajo me disse que os russos, estão a instalar e financiar empresas nos paises de leste (da UE) para rebentar com os preços (empresas)cá na Europa. Há uns 4 anos estão a atacar nos transportes, só se vêm carrinhas e camiões da Polonia e Romenia.50%do preço