Segurança Social Cláudia Joaquim: "Em 2018 teremos novas regras para trabalhadores independentes"
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Cláudia Joaquim: "Em 2018 teremos novas regras para trabalhadores independentes"

O Governo prepara-se para fazer uma reavaliação geral das regras de descontos e de protecção dos trabalhadores independentes, mas continua quase tudo em aberto e por decidir. A expectativa é que avance em 2018.
A carregar o vídeo ...

Há vários meses que o Governo trabalha na revisão das regras de descontos para a Segurança Social dos trabalhadores independentes (TI) mas o tema tem vindo a marcar passo. Cláudia Joaquim, secretária de Estado )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mais um adiamento... 06.07.2017

Num país onde o nº de Trabalhadores Independentes é elevado e aumenta todos os dias, este adiamento só mostra como são (des)considerados os trabalhadores independentes pelo governo...
Quem é mais precário, um trabalhador independente que ou faz pela vida ou não tem rendimentos ou os dos Estado?

Anónimo 06.07.2017

Mais uma machadada na previsibilidade fiscal/contributiva! Será que este governo ainda não leu o mais básico dos manuais de economia? Ninguém consegue projectar o mais pequeno negócio com tal instabilidade. De certeza que se muitos estão na corda bamba cairão de fez à mais pequena oscilação. Resultado: os que têm mais continuarão e os desenrascados morrerão, sob a justificação de uns miúdos quaisquer do BE (que levantaram esta questão) mas que trabalham todos para o Estado. Lamentável!

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub