Américas Clinton lidera sondagem com sete pontos de distância de Trump

Clinton lidera sondagem com sete pontos de distância de Trump

Uma nova sondagem dá a vitória de Clinton por sete pontos percentuais face a Trump, numa altura em que o candidato republicano está envolvido numa nova polémica.
Clinton lidera sondagem com sete pontos de distância de Trump
Reuters
Negócios 15 de Outubro de 2016 às 11:36

Hillary Clinton está a distanciar-se de Donald Trump nas sondagens. Clinton arrecada 44% das intenções de voto contra 37% conseguidos por Trump, de acordo com a sondagem realizada pela Reuters/Ipsos entre os dias 7 e 13 de Outubro, divulgada esta sexta-feira, 14 de Outubro.

 

Este resultado é próximo do verificado na sondagem divulgada na terça-feira e que dava uma diferença de oito pontos percentuais entre os candidatos às eleições presidenciais dos EUA, agendadas para 8 de Novembro.

 

Clinton tem visto aumentar a sua distância para Trump desde que começaram os debates televisivos entre os candidatos, mas na última semana a candidata democrata beneficiou também de um vídeo polémico de Trump, de 2005, onde se ouve o candidato republicano a fazer comentários sexistas. Desde então o polémico candidato tem sido alvo acusações relativas a agressões sexuais contra mulheres. 




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Rui Há 3 semanas

A sondagem que saiu HOJE, sábado pelo LA Times, dá empate entre Trump e Hillary.

Dos e-mails que a Wikileaks está a deitar cá para fora que expõe os podres todas da Hillary a imprensa não fala...
Porque será?

José Oliveira Teixeira Há 3 semanas

Ganhe quem ganhar vai se para pior m

Carlos Oliveira Há 3 semanas

muito pouco

Anónimo Há 3 semanas

ABERRANTE;um homem cheio de defeitos vai correr o risco de ganhar as eleicoes na America.Vai sendo tempo de entregar o pais as origens,secalhar o meio chines tambem e de la.

pub
pub
pub
pub