Mundo Coligação liderada por Riade bombardeia Ministério da Defesa do Iémen

Coligação liderada por Riade bombardeia Ministério da Defesa do Iémen

A coligação liderada pela Arábia Saudita efectuou hoje à noite dois ataques aéreos contra o Ministério da Defesa do Iémen, em Sanaa, a capital controlada pelos rebeldes xiitas huthis, relataram testemunhas.
Coligação liderada por Riade bombardeia Ministério da Defesa do Iémen
Lusa 10 de novembro de 2017 às 21:57

Aviões sobrevoaram ainda Sanaa após os bombardeamentos, acrescentaram as testemunhas. A estação de televisão dos rebeldes huthis, a al-Masirah, também noticiou dois ataques aéreos na capital do país árabe mais pobre do mundo.

 

Estes ataques ocorrem depois de, no passado sábado, 4 de Novembro, um míssil disparado de território iemenita ter sido interceptado e destruído sobre o aeroporto internacional de Riade, a capital da Arábia Saudita, que apoia o poder iemenita e cuja posição conta com o apoio de Washington.

 

Os rebeldes huthis, que dizem produzir localmente os seus mísseis balísticos, ameaçaram na terça-feira, 7 de Novembro, atingir os portos, aeroportos, postos fronteiriços e instalações vitais da Arábia Saudita e dos Emirados Árabes Unidos em resposta ao reforço do embargo imposto ao Iémen na sequência do tiro do míssil no sábado.

 

A guerra no Iémen, iniciada em 2015, já causou mais de 8.650 mortos e cerca de 58.600 feridos, tendo provocado "a pior crise humanitária no mundo", segundo a ONU.




pub