Impostos Comprar carro novo vai ficar no mínimo 1,4% mais caro

Comprar carro novo vai ficar no mínimo 1,4% mais caro

O Imposto Sobre Veículos (ISV) vai aumentar no próximo ano, segundo a proposta do Orçamento do Estado para 2018.
Comprar carro novo vai ficar no mínimo 1,4% mais caro

Os portugueses vão pagar mais impostos na hora de comprar carro novo em 2018, com uma subida a rondar os 1,4% no Imposto Sobre Veículos (ISV). A medida consta na proposta do Orçamento do Estado para 2018, confirmando assim uma versão preliminar avançada pelo Negócios.

O agravamento é, contudo, inferior ao do ano anterior, onde a evolução do ISV foi de 3%. A subida é generalizada para os diferentes tipos de veículos, entre ligeiros de mercadorias, ligeiros de passageiros e motos.


Para calcular o ISV é necessário cruzar duas componentes: a cilindrada do veículo e a produção de dióxido de carbono (CO2) por quilómetro. Nesta última componente, os valores variam conforme o carro seja a gasóleo ou gasolina.


Vejamos o exemplo do Renault Clio TCe 90 a gasolina. Esta versão, que integra o modelo mais vendido em Portugal, conta com uma cilindrada de 898 centímetros cúbicos e emite 105 gramas de CO2 por quilómetro. Aplicando os valores de tabela, o valor a pagar é de 210,2 euros: 121,52 relativos à cilindrada e 88,68 referentes às emissões.


Outro exemplo é o de um Porsche Cayenne a diesel, que em 2018 vai passar a pagar mais 300 euros de ISV. Com uma cilindrada de 2.967 centímetros cúbicos e uma emissão de 179 gramas de dióxido de carbono por quilómetro, tem a pagar 22.611 euros de ISV, face aos 22.297 do ano anterior.

(Notícia actualizada às 23:42 com a proposta final do Orçamento do Estado para 2018)




A sua opinião3
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 1 semana

I'll Tax Anything that moves.

Pika Há 1 semana

Viramos a página da austeridade! Bibó costa, a geringonça e a chucharia,...Biiiibóóóó!...

Z27 Há 1 semana

E porque não fizeram o mesmo tipo de comparação para os dois carros em análise?

pub