Europa Confiança dos empresários alemães alivia de recorde

Confiança dos empresários alemães alivia de recorde

A confiança dos empresários da maior economia do euro permanece perto de máximos históricos e desceu menos que os economistas estavam à espera.  
Confiança dos empresários alemães alivia de recorde
Reuters
Nuno Carregueiro 25 de agosto de 2017 às 11:00

O índice do instituto Ifo para medir a confiança dos empresários na Alemanha recuou em Agosto para 115,9 pontos, o que representa uma muito ligeira descida face ao recorde fixado no mês anterior nos 116 pontos.

 

Apesar da queda, o índice ficou acima das estimativas dos economistas, que contavam com uma correcção mais pronunciada para 115,5 pontos.

 

De acordo com a Bloomberg, a evolução do indicador do Ifo sugere que os empresários alemães permanecem optimistas com as perspectivas económicas, embora duvidem que seja possível acelerar o crescimento.

 

"O sentimento entre os empresários alemães permanece muito forte. A descida [em Agosto] ficou a dever-se a uma leitura menos positiva sobre a situação actual", mas "as perspectivas de curto prazo melhoraram", assinala o instituto Ifo, concluindo que "a economia alemã continua no caminho do crescimento".

 

Ainda hoje, o instituto de estatística alemão confirmou que a maior da Zona Euro cresceu 0,6% no segundo trimestre deste ano face aos três meses anteriores, sendo que o consumo privado e do governo foram os motores do crescimento do produto interno bruto (PIB).

 

Os gastos das famílias aumentaram 0,8% de Março a Junho, enquanto o consumo público alemão subiu 0,6%. As exportações, que são um das fortes componentes da economia germânica, avançaram 0,7% no segundo trimestre.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar