Conheça os futuros escalões do IRS
11 Outubro 2012, 19:13 por Elisabete Miranda | elisabetemiranda@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
A nova tabela de IRS dá conta de um forte agravamento fiscal para as famílias no próximo ano.
A versão preliminar da proposta de Orçamento do Estado para 2013 a que o Negócios teve acesso mostra que tudo se agrava: limites de escalões e taxas marginais e médias.

Tal como tinha sido avançado pelo Negócios na semana passada, o último escalão, com uma taxa marginal máxima de IRS de 48%, baixa dos actuais 153.300 euros para os 80.000 euros. A este último escalão de rendimento acresce uma taxa de 2,5%.

Haverá ainda uma sobretaxa de IRS equivalente a 4% do rendimento colectável que exceda o salário mínimo.

Todo o IRS será cobrado mensalmente, através das taxas de retenção na fonte.




Nova tabela
Rendimento colectável
Taxa normal
Taxa média
Até 7000 14,5% 14,5%
de mais de 7000 até 20000 28,5% 23,6%
de mais de 20000 até 40000 37% 30,3%
de mais de 40000 até 80000 45% 37,65%
Superior a 80000 48% -



Escalões actualmente em vigor
Rendimento Colectável
taxa normal taxa média
Até 4 898 11,50% 11,50%
De mais de 4 898 até 7 410 14% 12,35%
De mais de 7 410 até 18 375 24,50% 19,60%
De mais de 18 375 até 42 259 35,50% 28,59%
De mais de 42 259 até 61 244 38% 31,50%
De mais de 61 244 até 66 045 41,50% 32,23%
De mais de 66 045 até 153 300 43,50% 38,65%
Superior a 153 300 46,50% -

Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags: