Europa Constâncio: Inflação e desemprego são duas variáveis "difíceis" de normalizar

Constâncio: Inflação e desemprego são duas variáveis "difíceis" de normalizar

Os países periféricos completaram "notavelmente" a fase de ajustamento e a União Europeia (UE) está agora "mais resistente aos choques", defende o vice-presidente do Banco Central Europeu.
Constâncio: Inflação e desemprego são duas variáveis "difíceis" de normalizar
Lusa 01 de setembro de 2017 às 15:10

O vice-presidente do Banco Central Europeu (BCE), Vítor Constâncio, manifestou hoje a sua "preocupação" em relação à inflação e ao desemprego, duas variáveis macroeconómicas que considerou "difíceis" de normalizar até níveis aceitáveis.

 

Num discurso realizado hoje numa conferência em Cernobbio, na Itália, Vítor Constâncio, citado pela agência financeira Bloomberg, disse também que os países periféricos completaram "notavelmente" a fase de ajustamento e a União Europeia (UE) está agora "mais resistente aos choques".

 

O economista referiu igualmente que não só a "recuperação cíclica" da zona euro está muito mais "alargada e consolidada", mas também assenta numa base estrutural "muito mais sólida".

 

Vítor Constâncio falou ainda dos riscos relacionados com a evolução política e económica dos Estados Unidos e dos países emergentes, bem como dos desafios geopolíticos.

 

O vice-presidente do BCE referiu também a necessidade de prosseguir com as reformas estruturais e institucionais iniciadas que vão permitir que haja uma convergência económica real dos países, apesar de reconhecer os avanços alcançados até agora nesta matéria.

 




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Mr.Tuga 01.09.2017

Foda+++
E alguém liga puto ao que esta ANEDOTA diz.... Só rir...

Anónimo 01.09.2017

nimguem prende esta coisa?