Impostos Contribuintes pedem milhares de facturas em nome de Passos Coelho

Contribuintes pedem milhares de facturas em nome de Passos Coelho

Uma nova forma de protesto nasceu. O sistema e-factura já terá registado a entrada de facturas no valor de milhões de euros em nome e com o contribuinte de Pedro Passos Coelho, de acordo com o “Correio da Manhã”. O primeiro-ministro poderá ser alvo de fiscalização das Finanças por aparentemente gastar mais do que declara.
Contribuintes pedem milhares de facturas em nome de Passos Coelho
Negócios 22 de fevereiro de 2013 às 07:55

O jornal adianta que são milhares de facturas que já deram entrada no sistema e-factura com o nome e número de contribuinte do primeiro-ministro. A contribuir para isto está um e-mail e uma mensagem de telemóvel que, segundo o “Correio da Manhã”, contêm o número fiscal e o nome de Passos Coelho, onde se apela a que os contribuintes peçam as facturas em nome do primeiro-ministro.

 

Desta forma, alguns contribuintes estão a pedir factura em nome de Passos Coelho como forma de protesto.

 

O Fisco já estará ao corrente da situação, sendo que o primeiro-ministro corre o risco de ser fiscalizado, uma vez que “existem mecanismos de fiscalização automáticos que disparam quando um contribuinte gasta em facturas mais do que aquilo que declara como rendimento”, adianta o jornal.




A sua opinião164
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado João Gaspar 22.02.2013

Tanta celeuma em torno da fatura, quando o seu efeito é imaterial, tendo em conta que quem quiser fugir o vai continuar a fazer. Falo, por exemplo, dos advogados. Alguns anos atrás as faturas dos advogados tinham um beneficio fiscal subjacente o que levava a que os clientes as reclamassem com esse fim. Logo a classe percebeu isso e com o seu poderoso lobby (sim bancos e advogados manda em Portugal) acabou por terminar com esse beneficio fiscal, permitindo assim aos advogados fugirem aos impostos. Os que mais fogem aos impostos (e faz diferença) é aquele fulano que tem uma profissão à porta fechada e de mais proximidade com o cliente e pergunta quer fatura e paga 23% de IVA, ou não quer fatura e não paga o IVA? Tudo na vida é uma questão de incentivos e desincentivos, o resto é folclore que é o que este e todos os outros governos andam a fazer, em vez de se orientarem para o essencial (rendas excessivas da EDP, fuga de impostos em determinadas classes - tipo advogados - e muito mais que há a fazer mas incomoda o status quo).

comentários mais recentes
Luis Há 2 dias

Uma vez que o sistema de e-fatura visa combater a fuga fiscal.
Estes individuos ao pedir fatura com nº contribuinte de outras pessoas, não querem concerteza combater a fraude fiscal, e arrisco até dizer que não são pessoas de bem.

Anónimo 06.06.2014

Era pedir tambem em nome do Socrates

jon Há 1 dia

Era preferível pedirem em nome de José Sócrates..... esse é que mereceia um fiscalização à séria... ups... tem tudo em paraísos fiscais. É mais difícil.

Anónimo Há 4 semanas

Acho que os portugueses não merecem o Primeiro Ministro que temos, não gostam da seriedade e da honestidade,
preferem os mentirosos, os vendedores de ilusões...
Ao ver as diversas intervenções da chamada esquerda, fico triste, apetece-me fugir para o estrangeiro, tenho pena de ser português.
Cibrão

Resposta de Anónimoa Anónimo 06.06.2014

Vai mas é apanhar no Cú!!!

Resposta de Anónimoa Anónimo 26.11.2014

VAI TU !!!

ver mais comentários
pub