Função Pública FMI: Cortes na Função Pública devem atingir salários mais baixos e serem permanentes
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

FMI: Cortes na Função Pública devem atingir salários mais baixos e serem permanentes

Funcionários com salários mais baixos "não estão em risco de pobreza", diz o FMI. Aos cortes temporários deve seguir-se a revisão permanente da tabela salarial, em 2014.
FMI: Cortes na Função Pública devem atingir salários mais baixos e serem permanentes
Catarina Almeida Pereira 09 de janeiro de 2013 às 07:00

Os cortes salariais temporários devem ser transformados em poupanças permanentes através da revisão das tabelas salariais da Função Pública. A recomendação é do FMI que, no

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais

A sua opinião13
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Pimba! 09.01.2013

E os de salário mais alto? Ainda vou a tempo de ser Técnico Especialista no gabinete de um qualquer ministro? Olhem que com os meus 26 anos já tenho montes de experiência...

comentários mais recentes
Anónimo 30.01.2013

Será o mundo governado por ladrões? Vivemos num estado de direito ou numa selva? Então os ordenados e as reformas não foram atribuídos legalmente às pessoas? Então os ordenados e as reformas não são pertença de cada um? Então a legislação existente já não tem qualquer valor legal? .

Comparem !!! 15.01.2013

Camarada 1º comparem os ordenados dos Funcionários dos vários Ministérios com funções identicas e responsabilidades identicas e ai cortem as gorduras!!!!!!!!!!!!

Anónimo 14.01.2013

coitado deste ser. gostava de ver este com ordenados baixos para ver como era fala de barriga cheia pois eles roubam muito e sempre o pequininho que paga vergonha das vergonhas nunca mais acabam vergonha eles e que diviam ser despedidos todos

Anónimo 09.01.2013

bem isto mesmo só racismo ? em lugar de começar de cima para baixo é sempre pelo mais pequeno . e se todos os gestores e as respectivas companhias da função publica fosse posto um salário que o valor só poderia atingir 4000€ e as reformas no mesmo valor não será que o pais saia da crise mais cedo em lugar de andarem a tirar aos mais pequenos que mal chega para pagarem os seus créditos .

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub