Política Costa apresenta pelo menos seis novos secretários de Estado

Costa apresenta pelo menos seis novos secretários de Estado

Além dos três governantes exonerados, outros dois terão pedido para deixar o Executivo e haverá uma estreia, para a nova Secretaria de Estado da Habitação. O primeiro-ministro leva os nomes a Belém esta quinta-feira e a tomada de posse deverá acontecer entre hoje e amanhã.
Costa apresenta pelo menos seis novos secretários de Estado
Miguel Baltazar/Negócios
Negócios 13 de julho de 2017 às 09:32

Esta quinta-feira, 13 de Julho, durante a habitual audiência semanal com o Presidente da República, António Costa deverá levar já a Belém a lista dos novos secretários de Estado, concretizando a remodelação relâmpago desencadeada com as saídas provocadas pelo processo das viagens ao Euro 2016 pagas pelas Galp. Marcelo quer que a cerimónia de posse "será o mais rápido possível", afirmou ontem à noite, na inauguração de uma exposição no Panteão Nacional, em Lisboa.

 

Três substituições estão garantidas à partida: Fernando Rocha Andrade, ex-secretário de Estado dos Assuntos Fiscais, Jorge costa Oliveira, ex-secretário de Estado da Internacionalização, e João Vasconcelos, ex-secretário de Estado da Indústria. Investigados pelo Ministério Público no âmbito da polémica das deslocações a França com a Galp e em vias de serem constituídos arguidos, optaram por pedir a sua demissão.

 

Outros dois secretários de Estado pediram também para deixar o Governo. São eles Carolina Ferra, secretária de Estado da Administração Pública, e Miguel Prata Roque, secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros. Na sua edição de hoje, o Público escreve que este último deverá ser substituído por um jurista, numa cargo que funciona como pivot da produção legislativa do Governo e preparação das reuniões do Conselho de Ministros.

 

O sexto nome a anunciar será o que vai ocupar a secretaria de Estado da Habitação, a novidade no organograma de António Costa que este apresentou ontem, no debate do Estado da nação, no Parlamento. Será mais uma mulher, a alargar a quota de mulheres no Governo, e a pasta manter-se-á no Ministério do Ambiente, tutelada por João Pedro Matos Fernandes.

 

Marcelo tem uma manhã com a agenda preenchida. Às 11 preside à Cerimónia Comemorativa do 150.º Aniversário da Polícia de Segurança Pública, na Praça do Império, um evento a que comparecerá também António Costa. Pela uma da tarde estará na Torre de Belém numa outra cerimónia, desta feita para a Assinatura da Declaração de Belém sobre Cooperação em Investigação e Inovação no Atlântico. 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Dificilmente um Governo melhor 13.07.2017

Penso que dificilmente conseguirá um Governo melhor que este, a nossa Praça de Governantes não é assim tão rica, nem boa, veja-se o Governo anterior, com tanto armansso, e vaidade, e foi a Porcaria que todos vimos, com todo o sofrimento a que estivemos sujeitos.

pub