Política Costa diz que PSD e CDS dão "espectáculo muito triste" para procurar "derrubar o Governo"

Costa diz que PSD e CDS dão "espectáculo muito triste" para procurar "derrubar o Governo"

O primeiro-ministro acusou o PSD e CDS-PP de fazerem "um espectáculo muito triste" por "sacrificarem a coerência e identidade política ao puro tacticismo" e "criarem focos de desconfiança" para "procurar complicar a vida da maioria e derrubar o Governo".
Costa diz que PSD e CDS dão "espectáculo muito triste" para procurar "derrubar o Governo"
Lusa 06 de dezembro de 2017 às 18:26

"É um espectáculo muito triste ver as bancadas do PSD e CDS sacrificarem a coerência e a sua própria identidade política ao mero manobrismo politico, ao puro tacticismo de, para procurarem complicar a vida da maioria e derrubar o Governo, estarem sempre a criar uns focos de desconfiança e de tensão, refugiando-se sempre em razões formais e nunca indo à substância da matéria", declarou António Costa, durante o debate parlamentar de preparação para o Conselho Europeu de 14 e 15 de Dezembro.

 

O primeiro-ministro disse às bancadas da direita que "é inútil procurarem demonstrar a evidência", porque "é sabido que há posições distintas em matérias europeias".

 

Costa sublinhou que "se há algo" de que PS, o PCP, o Bloco de Esquerda e os Verdes se "orgulham é da sua própria identidade e de serem capazes de fazer em conjunto o que estão a fazer sem sacrificarem a sua própria identidade".

 

O chefe do executivo criticou ainda os dois partidos da oposição por "virem dizer para a praça pública que não foi dito o que foi dito" em "conversas à porta fechada". "É falso e compromete um relacionamento saudável entre o Governo e as oposições", referiu.

 

A adesão de Portugal à cooperação estruturada permanente na área da defesa e da segurança, que será formalizada em Bruxelas na próxima segunda-feira, dominou o debate entre o Governo e os partidos no debate sobre o próximo Conselho Europeu.




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 6 dias

O anónimo sem vergonha insiste. O Governo é legítimo porque a Democracia Portuguesa não elege GOVERNOS elege deputados para o PARLAMENTO, continuam a cavar a própria sepultura. Chega de argumentos desonestos. As eleições directas são para o Presidente da República. Se não sabe, vá ler a Constituição

Anónimo Há 1 semana

O Costa sem vergonha, governa sem legitimação direta do povo, responsável pela mortandade do povo nos incêndios e hospitais de que não há memoria, ...

saraiva14 Há 1 semana

Quem diria! Ao que se chega! Mas que grande hipócrisia! O Costa a acusar a oposição de deslealdade!

Que hipócrita este oportunista... Há 1 semana

Só pode estar a falar dele mesmo...
Este derrotado para ter emprego sacrificou a coerência e identidade política do PS ao puro tacticismo.
O calculista mascarou-se de pm, perdendo completamente a vergonha, a ética e a honra...

ver mais comentários
pub