Economia Costa hoje com Lagarde em Davos no dia em que Portugal antecipa 800 milhões ao FMI

Costa hoje com Lagarde em Davos no dia em que Portugal antecipa 800 milhões ao FMI

O primeiro-ministro, António Costa, reúne-se hoje, de manhã, em Davos, na Suíça, com a directora-geral do FMI, Christine Lagarde, no dia em que Portugal antecipa a esta instituição um pagamento de 800 milhões de euros.
Costa hoje com Lagarde em Davos no dia em que Portugal antecipa 800 milhões ao FMI
Reuters
Lusa 24 de janeiro de 2018 às 08:21

Esta será a segunda vez que António Costa se encontra com a francesa directora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI) no âmbito do Fórum Económico Mundial, repetindo assim a reunião que teve no ano passado.

 

No entanto, agora, de acordo com fonte oficial do executivo português, o encontro de hoje "apresenta o significado político-económico de coincidir com o pagamento da última tranche que Portugal suportará com juros elevados" pelo empréstimo contraído junto do FMI em 2011.

 

Na segunda-feira, em Bruxelas, o secretário de Estado das Finanças anunciou que Portugal efectuará o pagamento antecipado de 800 milhões de euros ao FMI, concluindo assim o reembolso da tranche mais cara do empréstimo desta instituição.

 

"Tive oportunidade de informar os meus colegas do Eurogrupo de que Portugal ia fazer o pagamento dos 800 milhões de euros do empréstimo do FMI que correspondem à parte final daquilo que era a autorização concedida, mas também daquilo que era o empréstimo em condições menos favoráveis", anunciou Ricardo Mourinho Félix, em declarações aos jornalistas após a primeira reunião do Eurogrupo presidida por Mário Centeno.

 

Hoje, em Davos, o primeiro-ministro será o principal orador de um almoço promovido pelo executivo de Lisboa e pela AICEP (Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal), numa iniciativa intitulada "Porquê Portugal e porquê agora".

 

Nesse almoço, além dos ministros da Economia e das Finanças, estarão presentes "dezenas de potenciais investidores estrangeiros" em Portugal, assim como editores e directores de alguns dos mais influentes órgãos de comunicação social internacionais.

 

"Nesta iniciativa, procuraremos passar a mensagem de que Portugal é uma boa aposta para se investir e fazer negócio agora", referiu fonte do executivo.

 

Ainda durante o dia de hoje, ao final da tarde, António Costa estará presente na qualidade de convidado no "Web Summit reception" - uma iniciativa promovida pelo co-fundador e presidente executivo deste evento, o irlandês Paddy Cosgrave.

 




pub