Orçamento do Estado Costa reúne-se com a bancada do PS na quarta-feira

Costa reúne-se com a bancada do PS na quarta-feira

Primeiro-ministro marcou nova reunião com o grupo parlamentar do PS, desta vez alargada a toda a bancada parlamentar.
Costa reúne-se com a bancada do PS na quarta-feira
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 12 de setembro de 2017 às 18:06
O primeiro-ministro vai reunir-se com os deputados do Grupo Parlamentar do PS na próxima quarta-feira, pelas 18:00, sobre a elaboração e processo de negociação político da proposta do Governo de Orçamento do Estado para 2018.

Esta será a segunda reunião de António Costa no espaço de uma semana, depois de na passada quarta-feira ter estado com os membros da direcção e com os coordenadores sectoriais da bancada do PS também para preparar as negociações da proposta de Orçamento do próximo ano.

No final da reunião da passada quarta-feira, perante os jornalistas, o primeiro-ministro mostrou abertura a medidas como a revisão dos escalões do IRS ou o descongelamento de carreiras na administração pública, mas advertiu que Portugal, no próximo ano, teria de obrigatoriamente optar por um caminho de "progresso sustentável" e não poderia "dar passos maiores do que as pernas".

Estas palavras de António Costa mereceram depois críticas da coordenadora do Bloco de Esquerda, Catarina Martins, que se manifestou cansada desse discurso limitativo em termos orçamentais.

Já o secretário-geral do PCP usou a ironia, dizendo que os comunistas estão empenhados em "estimular as pernas" do Governo "para que possam continuar a dar passos em frente".



A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar