Conjuntura Costa sugere que crescimento pode estar a ser maior que o registado

Costa sugere que crescimento pode estar a ser maior que o registado

O primeiro-ministro sugeriu esta noite que os números estatísticos oficiais podem estar a reflectir por baixo o ritmo de crescimento da economia do país.
Costa sugere que crescimento pode estar a ser maior que o registado
Bruno Simão/Negócios
Paulo Zacarias Gomes 20 de Outubro de 2016 às 21:24

Em entrevista à TVI, António Costa apontou o aumento de investimento de 7,7% das empresas do sector não financeiro, a queda do défice (dizendo que será o mais baixo em 42 anos) e a criação de 80 mil empregos para justificar esse raciocínio. 

 

"Não governamos para a estatística", afirmou no entanto o governante, referindo no entanto que a economia mudou e que há hoje "critérios diferentes de medição e avaliação", sem especificar.

 

"Estes são os fundamentais. Tenho de consolidar o que alcancei e avançar mais", referiu. 

 

O PIB cresceu 0,9% no segundo trimestre deste ano, face ao período homólogo, repetindo a evolução verificada nos três primeiros meses do ano.

Antes, Costa tinha justificado o crescimento abaixo das previsões do Governo - a primeira estimativa apontava para o PIB a subir 1,8% em 2016 e as mais recentes previsões apontam para 1,2% com o abrandamento das economias avançadas, que levou também a uma revisão em baixa pelo FMI para esse universo.

"O crescimento não é o que desejávamos", reconheceu, apontando o impacto de mercados onde a economia tem arrefecido, como Angola ou o Brasil. 




A sua opinião28
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Manuel Nelson Bouças Há 2 semanas

Da dívida? Acredito...??????

comentários mais recentes
fred Há 2 semanas

Se ao menos o nosso maior mercado de exportações crescesse forte e feio... ah espera...

Anónimo Há 2 semanas

E eu a julgar que o Sócrates era o maior aldrabão de todos. Em aldrabice o Sócrates era um menino de coro ao pé deste Sabujo Golpista.

Anónimo Há 2 semanas

Se a economia do País não cresce há 16 anos ( e a econmia produtiva contrai-se há 30) por que razão haveria de crescer agora, que temos uma divida monstra às costas?

Hélio Marta Há 2 semanas

Nem Sócrates foi tão longe na arte de mentir.

ver mais comentários
pub
Saber mais e Alertas
pub
pub
pub