Ásia Crescimento da China acelera pela primeira vez desde 2010

Crescimento da China acelera pela primeira vez desde 2010

A segunda maior economia do mundo viu o seu crescimento aumentar de 6,7%, em 2016, para 6,9%, no ano passado.
Crescimento da China acelera pela primeira vez desde 2010
Reuters
Rita Faria 18 de janeiro de 2018 às 07:44

O crescimento da economia chinesa acelerou, no ano passado, pela primeira vez desde 2010. De acordo com os dados divulgados esta quinta-feira, 18 de Janeiro, pelo gabinete nacional de estatística, o PIB subiu 6,9% em 2017, depois do crescimento de 6,7% registado no ano anterior.

2017 quebra, assim, um ciclo de seis anos consecutivos em que o crescimento da segunda maior economia do mundo abrandou. Em 2010, o PIB da China subiu 10,6% (mais do que no ano anterior, em que o crescimento se fixou em 9,4%), e daí em diante foi sempre desacelerando.

Considerando apenas os últimos três meses do ano passado, o PIB avançou 6,8% em termos homólogos, acima das estimativas dos analistas consultados pela Bloomberg, que apontavam para 6,7%.

Em Dezembro, a produção industrial aumentou 6,2% - acima das projecções de 6,1% - enquanto as vendas a retalho subiram 9,4% - abaixo das estimativas de 10,2%. Já o investimento em capital fixo cresceu 7,2% no ano, o valor mais baixo desde 1999.

O crescimento da economia chinesa deverá suportar a missão do presidente Xi Jinping de reduzir a elevada dívida do país, um dos principais objectivos de Pequim para os próximos três anos, além de combater a pobreza e a poluição.

"O ambiente macro, com uma pressão inflacionária relativamente moderada e um impulso de crescimento razoavelmente decente, é muito favorável para impulsionar ainda mais as reformas", afirma Raymond Yeung, economista-chefe no Australia & New Zealand Banking Group Ltd, citado pela agência noticiosa.




Saber mais e Alertas
pub