Ásia Crescimento da China poderá abrandar para 6,5% este ano

Crescimento da China poderá abrandar para 6,5% este ano

O departamento de previsões do Estado chinês prevê que as tecnologias continuem a impulsionar a economia. Mas alerta para a inevitabilidade de um abrandamento do ritmo de crescimento.
Crescimento da China poderá abrandar para 6,5% este ano
Negócios 03 de janeiro de 2017 às 09:03

O produto interno bruto (PIB) da China deverá abrandar o seu ritmo de crescimento para 6,5% em 2017. Quem o diz é o departamento de análise chinês. Em 2016, os dados apontam para uma expansão económica de 6,7%.

 

A contribuir para o abrandamento estará o sector industrial, cuja produção deverá aumentar em 5,9%, o que compara com os 6,1% estimados para o ano transacto. Já a contribuir para o crescimento da economia estará o sector tecnológico, adianta a mesma fonte, citada pela Reuters.

 

O mesmo departamento sugere ainda uma desvalorização do yuan, o que, segundo os especialistas, deverá ajudar a estabilizar a moeda. 




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub