Conjuntura Crescimento dos serviços acelerou em 2017 para 5,9%

Crescimento dos serviços acelerou em 2017 para 5,9%

O sector dos serviços foi um dos que mais contribuiu para o bom desempenho da economia portuguesa no ano passado.
Crescimento dos serviços acelerou em 2017 para 5,9%
Nuno Carregueiro 12 de fevereiro de 2018 às 11:37

O volume de negócios nos serviços registou uma taxa de crescimento de 5,9% em 2017, acelerando de forma significativa face ao aumento de 1,4% verificado no ano anterior.


De acordo com os dados publicados pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) esta segunda-feira, 12 de Fevereiro, o emprego, as remunerações e as horas trabalhadas também registaram uma aceleração no ano passado, mostrando que o sector dos serviços terá sido um dos que mais contribuiu para o bom desempenho da economia nacional no ano passado.


O INE publica os dados do PIB de 2017 na quarta-feira e os economistas ouvidos pela Lusa esperam que a economia tenha registado um crescimento de 2,7%, o que representa a expansão mais forte desde 2000.


O INE refere hoje que o emprego no sector dos serviços registou em 2017 um crescimento médio de 3,8% (1,6% em 2016), enquanto as remunerações cresceram 4% (2,2% em 2016) e as horas trabalhadas aumentaram 3,4% (0,5% em 2016).

O relatório do INE mostra um crescimento forte dos serviços na recta final de 2017, com um aumento de 7,4% em Dezembro (contra 4,9% em Novembro) e de 5,5% no quarto trimestre (6% no terceiro trimestre).




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.