Eleições Cristas reclama "excelente resultado" com eleição de mais um deputado

Cristas reclama "excelente resultado" com eleição de mais um deputado

A presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, congratulou-se pelo "excelente resultado" dos centristas nas eleições açorianas, que elegeram mais um deputado regional, sublinhando que tiveram mais votos que BE e PCP juntos.
Cristas reclama "excelente resultado" com eleição de mais um deputado
Lusa 17 de Outubro de 2016 às 00:43
"Estamos muito satisfeitos por este resultado, saudamos o presidente do CDS Açores, Artur Lima, junto de quem me empenhei e com todos os cabeças de lista do CDS em cada uma das ilhas, para termos este excelente resultado para o CDS", afirmou Assunção Cristas.

Falando aos jornalistas na sede do CDS, em Lisboa, a líder centrista recusou outras leituras do resultado do partido nas regionais açorianas, afirmando que "cada eleição é uma eleição".

"Reforçámos a nossa posição como terceira força política a nível regional. Dos três maiores partidos, fomos o único que cresceu em votos e também em percentagem. Vale a pena dizer que, em votos expressos, o CDS teve mais votos que o BE e o PCP juntos", vincou.

Questionada sobre se gostaria de, no continente, também tirar votos ao centro político, Cristas respondeu: "Cada eleição é uma eleição. Nos Açores tivemos um óptimo resultado fruto do trabalho empenhado do CDS Açores, dos cabeças de lista, e também do CDS nacional, que ajudou e esteve empenhadamente ao lado do CDS Açores nestas eleições e eu creio que essa é a leitura que nós temos que retirar".

A líder centrista sublinhou que "o CDS cresceu em votos, em percentagem, em mandatos, temos um grupo parlamentar maior, cresceu em ilhas onde governamos autarquicamente, é o caso de São Jorge, e tornámo-nos a segunda força política".

"O CDS mais uma vez teve um resultado muito superior àquele que lhe era previsto nas sondagens. Recordo-me bem das sondagens que nos davam apenas dois mandatos. Pois bem, verificamos que tivemos quatro deputados leitos, é um óptimo resultado para continuarmos a trabalhar em prol dos açorianos e em prol da construção da democracia", defendeu.

Interrogada acerca da mais alta abstenção verificada em eleições regionais nos Açores, Assunção Cristas considerou-a "muito preocupante", acrescentando que "nos Açores também se vive uma situação específica que vale a pena um dia trabalhar melhorar e estudar melhor até do ponto de vista sociológico e do ponto de vista da construção da democracia".

O PS conquistou hoje nova maioria absoluta nas eleições regionais dos Açores, ao conseguir eleger 30 deputados do total de 57 parlamentares da Assembleia Legislativa Regional.

O PSD conquistou 19 deputados, o CDS-PP quatro, o BE dois e o PCP-PEV e o PPM um deputado cada um.



A sua opinião8
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas


PS . BE . PCP - são uns PHILHOS DE PHU TA que xupam o sangue ao POVO...

para dar mais dinheiro e privilégios aos FP & CGA.

Mr.Tuga Há 3 semanas

VERGONHICE!

Esta ilhota de treta que não é sustentável, senão com guita dos contribuintes do continente e cujos menos de 250.000 habitantes vivem quase exclusivamente de SUBSIDIOS, tem imagine-se um parlamento com 57 dePUTAdos !?!?!

E o tuga a pagar estas nulidades despesistas!

Este sitio miserável e atrasado não tem futuro!

Serip Rotiv Há 3 semanas

Louca

Salomao Figueiredo Há 3 semanas

Ja começaram a papar o ppd

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub