Conjuntura Custo do trabalho aumenta 2,9% no segundo trimestre

Custo do trabalho aumenta 2,9% no segundo trimestre

Os custos do trabalho voltaram a aumentar, completando o sétimo trimestre consecutivo de subidas, algo que não acontecia pelo menos desde 2009.
Custo do trabalho aumenta 2,9% no segundo trimestre
Bloomberg
Sara Antunes 14 de agosto de 2017 às 11:32

Os custos do trabalho aumentaram 2,9% no segundo trimestre do ano, quando comparado com o mesmo período do ano passado, revelou esta segunda-feira, 14 de Agosto, o Instituto Nacional de Estatística (INE).

 

Este ritmo de crescimento representa um abrandamento face ao observado nos primeiros três meses do ano (3,4%), mas corresponde também ao sétimo trimestre consecutivo de aumento dos custos, um ciclo que não é igualado pelo menos desde 2009, altura em que o INE começou a compilar estes dados.

 

A contribuir para esta subida estiveram os dois componentes: custos salariais e outros custos. No caso dos custos salariais, houve um aumento de 2,8%, o que também representa um abrandamento face ao primeiro trimestre (3,6%).

 

Já no que respeita aos outros custos de trabalho o aumento foi de 3,5%, o maior crescimento homólogo desde o primeiro trimestre de 2015. Esta rúbrica inclui as indemnizações por despedimento, os encargos legais a cargo da entidade patronal, como o caso da Segurança Social, e os encargos convencionais, contratuais e facultativos, como os seguros de saúde.




A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Não gostas comes menos 14.08.2017

Deves querer escravos, temos pena.

Anónimo 14.08.2017

Custo a crescer mais que PIB... Que linda parede! E a divida, está bem?