Europa Custos do trabalho em Portugal crescem abaixo da Zona Euro

Custos do trabalho em Portugal crescem abaixo da Zona Euro

Os salários por hora aumentaram 1,2% em Portugal no quarto trimestre.
Custos do trabalho em Portugal crescem abaixo da Zona Euro
Paulo Duarte
Negócios 20 de março de 2017 às 10:18

O índice que mede a evolução dos custos do trabalho aumentou 1,2% no quarto trimestre do ano passado,  o que corresponde a um abrandando face ao registado nos trimestres anteriores (+2,8% no terceiro trimestre e +2,1% no segundo trimestre), segundo os dados divulgados esta segunda-feira, 20 de Março, pelo Eurostat.


O crescimento em Portugal também ficou abaixo do registado em média na Zona Euro, onde os custos do trabalho aumentaram 1,6% no quarto trimestre.


Na Zona Euro o crescimento dos custos laborais acelerou face ao registado no terceiro trimestre (1,4%) e ao segundo trimestre (1,1%).


Roménia (+12,3%), Lituânia (+10,7%), Letónia (8,1%) e Bulgária (+8%) foram os países da União Europeia onde os custos laborais mais subiram, enquanto a Grécia (-0,5%) e a Áustria (-0,1%) foram os únicos países onde se verificou uma diminuição.


O índice de custos do trabalho tem em conta a evolução dos salários por hora e outros custos, sendo que no caso de Portugal a evolução no quarto trimestre foi igual para os dois indicadores: ambos aumentaram 1,2%.   




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub