Mercado de Trabalho Desemprego desce quase sem ajuda das contratações
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Desemprego desce quase sem ajuda das contratações

As empresas estão a despedir menos de metade do que no pico da crise. É essa diminuição do fluxo do emprego para o desemprego que mais está a ajudar o mercado de trabalho. Os dados do INE mostram que as contratações das empresas até têm abrandado desde meados de 2014.
Desemprego desce quase sem ajuda das contratações
Miguel Baltazar/Negócios
Nuno Aguiar 27 de agosto de 2017 às 22:30

Há pelo menos três anos que o mercado de trabalho traz notícias positivas. O desemprego desce sucessivamente e o emprego entrou numa trajectória de recuperação, que o aproxima dos valores observados antes de a )

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo Há 3 semanas

Uma patetice mentirosa dita muitas vezes não passa a verdade, esta verdade aplica-se ao comentário anterior. Gostava de ver estes vendedores da banha da cobra a governarem com o pais sob resgate e com o dinheiro contado. Governar com a economia a tirar dividendos das reformas feitas no tempo da troika e aproveitar o acaso feliz do boom do turismo é facil. Governar a distribuir dinheiro e benesses em tempo de vacas gordas até eu fazia.

O desemprejo desce pela Há 3 semanas

confiança gerada nos empregadores, nos empregados e sobretudo no aumento dos negócios. Essa confiança estende-se a 90% dos Portugueses que viram a diferença entre o anterior governo e o atual. Os outros 10% , apenas vivem para branquear aquilo que foi o pior governo que apareceu neste País.

Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub
pub
pub
pub