Zona Euro Desemprego em Espanha abaixo dos 20% pela primeira vez em seis anos

Desemprego em Espanha abaixo dos 20% pela primeira vez em seis anos

A taxa de desemprego espanhola fixou-se nos 18,9% no terceiro trimestre deste ano. Embora seja um valor ainda muito elevado, marca a primeira vez desde 2010 em que o indicador fica abaixo do limiar dos 20%.
Desemprego em Espanha abaixo dos 20% pela primeira vez em seis anos
Reuters
Negócios 27 de Outubro de 2016 às 08:58
Foi necessário esperar seis anos para que o desemprego em Espanha voltasse a atingir um nível inferior a 20%. Os dados do terceiro trimestre de 2016 trouxeram mais boas notícias para o mercado de trabalho espanhol, revelando uma taxa de 18,91% entre Julho e Setembro deste ano. 

O El País nota que é assim encerrado o período mais longo dos últimos 40 anos em que o desemprego entre a população activa espanhola esteve acima dos 20%. O ponto mais alto foi atingido em 2013, com uma taxa de 26,94%. A partir desse ano, o indicador entrou numa trajectória descendente, passando de um máximo histórico de 6,28 milhões de desempregados para os 4,32 milhões actuais.

Nesses três meses de Verão, observou-se também criação de emprego, fruto da aceleração de actividades sazonais, relacionadas com o turismo. Tal como em Portugal, 2016 foi especialmente positivo para o turismo em Espanha. O número de postos de trabalho cresceu mais de 226 mil no terceiro trimestre.

A redução do desemprego foi alcançada tanto pela passagem de pessoas do desemprego para o emprego como pela contracção da população activa, que caiu 27,3 mil. Assim se explica, sublinha o El País, que a diminuição do desemprego ultrapasse o ritmo da criação de emprego.

No dia 9 de Novembro, Portugal ficará a saber qual foi a sua taxa de desemprego no terceiro trimestre, embora já existam dados mensais até Agosto - com outra metodologia - que apontam para um valor de 11%. 



A sua opinião2
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Tivemos azar com a ganância do monhé e restante es Há 5 dias

O derrotado monhé para sobreviver tomou de assalto o poder! O País, ao contrário dos espanhóis, estagnou. Os espanhóis sem governo vão de vento em popa. Tivemos azar com este ganancioso sem vergonha na cara após a derrota sofrida nas eleições. Cambada de suínos.

pertinaz Há 5 dias

PELA PRIMEIRA VEZ ESPANHA TEM UM GOVERNO DE GESTÃO

É A PROVA DE QUE OS POLÍTICOS GOVERNAM MELHOR COM RÉDEA CURTA

pub
pub
pub
pub