Mercado de Trabalho Desemprego nos 8,5% não era tão baixo desde Abril de 2008

Desemprego nos 8,5% não era tão baixo desde Abril de 2008

Os dados do Instituto Nacional de Estatística, divulgados esta quarta-feira, 29 de Novembro, apontam para uma redução em 0,3 pontos percentuais da taxa de desemprego de Setembro em relação a Agosto. As estimativas provisórias para Outubro apontam para uma estabilização.
Desemprego nos 8,5% não era tão baixo desde Abril de 2008
Bloomberg
Filomena Lança 29 de novembro de 2017 às 11:10

A taxa de desemprego recuou para os 8,5% em Setembro deste ano, menos 0,3 pontos percentuais do que no mês de Agosto e menos 0,6 pontos percentuais em relação a Julho, revelam os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) divulgados esta quarta-feira, 29 de Novembro. Desde Abril de 2008 que a taxa de desemprego não apresentava níveis tão baixos.

 

Relativamente a Outubro, a estimativa provisória aponta igualmente para uma taxa de 8,5%, com 436,9 mil pessoas desempregadas (eram 439,8 mil em Setembro) e 4,711 milhões de pessoas empregadas (compara com 4,715 milhões no mês anterior).

 

As estatísticas indicam que em Outubro, e em relação ao mês anterior, a população empregada diminuiu em 0,3%, ou 5,8 mil, para as mulheres, em 0,1% para os adultos entre os 25 e os 74 anos (ou 2,8 mil) e em 0,4% os jovens entre os 15 e os 24 anos  (ou menos 1,1 mil). No caso dos homens contabiliza-se um aumento de 0,1%, mais dois mil empregos.

 

Já no que toca à população desempregada, a estimativa provisória aponta para uma diminuição de 0,7% em relação a Setembro, menos 2,9 mil pessoas. Comparando com três meses antes e recuando a Julho deste ano, a redução é de 4,8%, 21,9 mil pessoas.

 

A taxa de desemprego das mulheres atingiu os 9,1%, acima dos 7,9% registados entre a população masculina. Verificou-se uma diminuição de 0,1 pontos percentuais no desemprego no feminino, mantendo-se a dos homens inalterada. Por escalões etários, verifica-se que a taxa de desemprego dos jovens se situou em 25,6% e aumentou um ponto percentual em relação ao mês anterior, sendo que a taxa de desemprego dos adultos foi de 7,1% e diminuiu 0,2 pontos percentuais.

 

(Notícia actualizada às 11:30 com mais informação)




Saber mais e Alertas
pub