Finanças Públicas Dívida pública desce pelo primeiro mês em 2017

Dívida pública desce pelo primeiro mês em 2017

Apesar da descida face ao mês anterior, o valor da pública em Maio é o segundo mais elevado de sempre.  
A carregar o vídeo ...
Nuno Carregueiro 03 de julho de 2017 às 11:29

Depois do recorde fixado em Abril, a dívida pública portuguesa (medida pela óptica de Maastricht, a que interessa a Bruxelas) desceu ligeiramente em Maio.

 

De acordo com o Banco de Portugal, a dívida pública em Maio situou-se nos 274,274 mil milhões de euros, o que representa uma descida de cerca de 200 milhões de euros face a Abril.

 

Trata-se do primeiro mês este ano em que o valor da dívida pública baixou, depois quatro meses consecutivos em alta terem colocado o endividamento público pela primeira vez acima dos 274 mil milhões de euros.

 

Apesar do recuo ligeiro em Maio, o registo desse mês é o segundo mais elevado de sempre e representa um aumento de quase 10 mil milhões de euros face a Maio do ano passado.

 

Dado que Maio não é um mês de final de trimestre, o Banco de Portugal não revela o peso da dívida na economia. Em Março deste ano situava-se em 130,5%, abaixo do nível mais elevado de sempre (133,1% no terceiro trimestre de 2016) e um agravamento de duas décimas face ao registado no final de 2016 (130,3%). Tendo em conta a perspectiva de crescimento da economia portuguesa no segundo trimestre, é espectável que o peso da dívida no PIB recue no período entre Abril e Junho.

 

Segundo o Banco de Portugal, a descida ligeira da dívida pública em Maio "reflecte uma diminuição de empréstimos de 700 milhões de euros", que foi "parcialmente compensada por emissões líquidas de títulos de 500 milhões de euros".

 

Segundo a mesma fonte, os activos em depósitos da administração central reduziram-se em 600 milhões de euros, pelo que a dívida pública líquida aumentou 400 milhões de euros em relação ao mês anterior, ascendendo a 228,1 mil milhões de euros.