Economia Dois feridos graves em incêndio em Abrantes

Dois feridos graves em incêndio em Abrantes

Cinco elementos da AFOCELCA sofreram queimaduras e vão ser transferidos do Hospital de Abrantes para uma unidade de referência de queimados.
Dois feridos graves em incêndio em Abrantes
Cofina Media
Lusa 03 de julho de 2017 às 15:04

Dois bombeiros e cinco elementos de uma equipa da AFOCELCA ficaram hoje feridos, dois com gravidade, num incêndio na zona de Crucifixo, freguesia do Tramagal, concelho de Abrantes, disse à Lusa a presidente da Câmara.

De acordo com Maria do Céu Albuquerque, o médico da equipa do INEM que assistiu os elementos da AFOCELCA deu dois dos feridos como estando em estado grave e três com ferimentos ligeiros. Os bombeiros são feridos sem gravidade e encontram-se "recompostos".

De acordo com a assessoria do Centro Hospitalar do Médio Tejo, os dois bombeiros foram assistidos por inalação de fumo. Quanto aos cinco elementos da AFOCELCA, sofreram queimaduras e vão ser transferidos do Hospital de Abrantes para uma unidade de referência de queimados.

Segundo a página da internet da Proteção Civil, este incêndio encontra-se "em resolução", sendo combatido por 188 operacionais, apoiados por 54 viaturas e dois meios aéreos.

O incêndio andou nas proximidades de Crucifixo, não havendo, no entanto, registo de casas em periggo, acrescentou a autarca.

A AFOCELCA, um Agrupamento Complementar de Empresas, foi criada em 2002 pela união de esforços entre as empresas Aliança Florestal (Grupo Portucel-Soporcel), Celbi (Stora-Enso), e Silvicaima (Caima), mantendo-se atualmente do grupo The Navigator Company e do grupo ALTRI.

(notícia actualizada às 16:05 para dar conta de dois bombeiros feridos)