União Europeia Donald Tusk: UE zelará pelos seus interesses nas negociações do Brexit

Donald Tusk: UE zelará pelos seus interesses nas negociações do Brexit

O presidente do Conselho Europeu congratulou-se este domingo com o facto de o Reino Unido accionar o artigo sobre a saída da UE até final de Março e assegurou que, depois desse passo, os Estados-membros irão "salvaguardar os seus interesses".
Donald Tusk: UE zelará pelos seus interesses nas negociações do Brexit
Reuters
Lusa 02 de Outubro de 2016 às 16:34

Em mensagem na rede social Twitter, Donald Tusk considerou que a declaração da primeira-ministra britânica, Theresa May, clarifica as negociações para o 'Brexit'.

 

"Uma vez accionado o artigo 50, os restantes 27 Estados-membros irão salvaguardar os seus interesses", adiantou.

 

A primeira-ministra britânica assegurou hoje que o Reino Unido accionará o artigo 50 do Tratado de Lisboa sobre a saída de um país comunitário da União Europeia (UE) antes do final de Março de 2017.

 

Nas declarações à BBC, a chefe do Governo britânico deu a conhecer, pela primeira vez, o calendário concreto sobre as futuras negociações para a saída do Reino Unido da União Europeia.

 

Ao accionar o artigo 50 em Março, o Reino Unido poderá sair da União Europeia em 2019, após concluir um período de dois anos de negociações sobre a retirada.

 




A sua opinião5
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
José Pereira 02.10.2016

Os lideres da UE, ou estão bêbedos, ou são uma cambada de parvalhões, não querem ver que a saída do Reino Unido é o principio do fim da Desunião Europeia? Se o RU, tiver sucesso fora da UE, outros países vão pedir para sair!!

Johnny Nox 02.10.2016

A UE está presa por arames. E os pseudo-lideres assobiam para o lado como se tudo estivesse na maior. A UE ou se reforma e devolve o poder legislativo aos parlamentos ou colapsa da pior maneira.

Maria Reis 02.10.2016

Ressabiado invejoso

Anónimo 02.10.2016

E isso diz-nos que?-!-.-,Nao estou a pensar que nos vamos despedir com 2 pedras na mao.Nao haja a tentacao de haver mais um pais de meio porte a querer deixar a EU.

ver mais comentários
pub
pub
pub
pub