Saúde Doze países afectados com ovos contaminados com Fipronil

Doze países afectados com ovos contaminados com Fipronil

Doze países europeus já reportaram que foram atingidos pelo caso de ovos contaminados com o insecticida tóxico fipronil.
Doze países afectados com ovos contaminados com Fipronil
Lusa 11 de agosto de 2017 às 00:08

Áustria, Eslováquia, Dinamarca, Bélgica, Alemanha, França, Suíça, Reino Unido, Luxemburgo, Suécia, Roménia e Holanda já reportaram a existências de ovos contaminados nos seus circuitos comerciais.

 

O escândalo rebentou a 2 de Agosto, quando a Holanda alertou que tinha encontrado fipronil em vários lotes de ovos, embora a Bélgica tenha detectado a presença da substância tóxica antes, a 20 de Julho.

 

O alerta alimentar estende-se já a doze países europeus, incluindo todos aqueles para onde a Bélgica e a Holanda exportaram ovos desde que foi dado o alarme.

 

Dois administradores da empresa Chickfriend, a companhia holandesa suspeita de ter usado o produto, foram hoje detidos na Holanda, no âmbito da investigação judicial aberta no país e na Bélgica, noticiou a estação de televisão local NOS.

 

Em Portugal, segundo a Direcção-Geral da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural (DGAV), os ovos em causa não estão à venda.

 

Eslováquia, Áustria e Dinamarca reportaram hoje a existência destes ovos nos seus circuitos comerciais.

 

Na Eslováquia, inspectores de saúde encontraram 21 ovos cozidos de lotes contaminados com num armazém na aldeia de Vrbove, disse à AFP o porta-voz do Ministério da Agricultura Zuzana Peiger Acjakova.

 

Na Áustria, centenas de quilos de ovos cozidos e descascados de um lote alemão suspeito de estar contaminado com Fipronil foram vendidos para a indústria da restauração, segundo a imprensa local.

 

"Depois de obter informações da Alemanha, as duas empresas importadoras notificaram imediatamente os seus clientes em toda a Áustria ordenando a retirada" das mercadorias", disse Rudi Anschober, Ministro da Defesa do Consumidor da Província austríaca que faz fronteira com a Baviera.

 

Este é o primeiro caso na Áustria com ovos suspeitos de estarem relacionadas com o escândalo actual sobre a contaminação com fipronil.

 

A Agência para a Saúde e Segurança Alimentar da Áustria (AGES) informou que as quantidades de fipronil encontradas são perigosas para a saúde de um adulto se ingerir mais de sete ovos por dia.

 

Na Dinamarca, vinte toneladas de ovos provenientes da Bélgica e contaminados foram vendidas no país, anunciou a Autoridade Alimentar e Veterinária do país.

 

Em grandes quantidades, o fipronil, usado para eliminar ácaros e insectos, é considerado pela Organização Mundial de Saúde (OMS) como "moderadamente tóxico" para o homem. O uso deste pesticida é expressamente proibido em animais destinados ao consumo humano.




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Anónimo 11.08.2017

A ignorância e a má-fé são piores que a iliteracia.

De Portugal não falam concretamente porquê? São os camarada e os bostas que não deixam ?

pub
pub
pub
pub