Política Monetária Draghi: Qualquer país que queira sair da Zona Euro tem de deixar as contas em dia

Draghi: Qualquer país que queira sair da Zona Euro tem de deixar as contas em dia

O presidente do Banco Central Europeu, Mario Draghi, afirmou numa carta a dois eurodeputados italianos que qualquer país que pretenda sair da Zona Euro terá de resolver as suas obrigações e dívidas junto do sistema de pagamentos daquele bloco antes de poder cortar os seus laços.
Draghi: Qualquer país que queira sair da Zona Euro tem de deixar as contas em dia
Reuters
Negócios 20 de janeiro de 2017 às 20:43

Mario Draghi é peremptório: se um Estado-membro da Zona Euro quiser sair do bloco da moeda única só poderá fazê-lo sem quaisquer obrigações ou dívidas pendentes.

 

Este comentário – uma rara referência, por parte de Draghi, à possibilidade de a Zona Euro poder perder membros – foi feito numa carta enviada pelo presidente do BCE a dois eurodeputados italianos e que foi divulgada esta sexta-feira, 20 de Janeiro, avança a Reuters.

 

"Se um país quiser deixar o Eurosistema, as responsabilidades ou dívidas do seu banco central para com o BCE terão de estar integralmente saldadas", salientou Draghi na missiva.

 

Segundo os dados de final de Novembro do sistema de pagamentos Target 2, citados pela Reuters, isso deixaria Itália com uma dívida de 358,6 mil milhões de euros para pagar.

 

De acordo com a mesma fonte, também Espanha e Grécia acumularam elevadas dívidas junto do Target 2, ao passo que a Alemanha sobressai como maior credora – com 754,1 mil milhões de euros a receber.

 

Ontem, recorde-se, o BCE manteve, tal como se esperava, a taxa de juro central em 0%. Além disso, Draghi reiterou que o banco central da Zona Euro vai manter o programa de compra de activos pelo menos até ao final do ano, tendo igualmente frisado que as taxas de juro ficarão no actual nível ou mais baixas bem para lá dessa data, e que se os sinais da economia piorarem o banco central está pronto para reforçar os estímulos que tem no terreno. 




A sua opinião31
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
mais votado Nuno Alves 20.01.2017

Mais nada!

comentários mais recentes
pertinaz 21.01.2017

GOSTAVA DE SABER O VALOR DA FACTURA DO REINO UNIDO... SÓ LHES RESTA BOMBARDEAR O BCE EM FRANKFURT...

Humberto Simão 21.01.2017

Bem somos os últimos a sair...

Skizy 21.01.2017

Salamone queque voce come sono. Feito pelo fmi uma parcela apenas.

Anónimo 21.01.2017

Mete franca na lista pa abril sff

ver mais comentários
pub