União Europeia Economia britânica cresce acima do esperado no último trimestre de 2016

Economia britânica cresce acima do esperado no último trimestre de 2016

A economia britânica cresceu 0,6% nos últimos três meses do ano passado. Este valor ficou acima das estimativas dos analistas e afasta, pelo menos para já, a expectativa de que o Brexit prejudicaria a expansão económica.
Economia britânica cresce acima do esperado no último trimestre de 2016
Reuters
Negócios 26 de janeiro de 2017 às 10:09

A economia britânica cresceu mais do que o esperado no último trimestre do ano passado. Os dados oficiais, divulgados esta quinta-feira, 26 de Janeiro, indicam que o produto interno bruto (PIB) do Reino Unido cresceu 0,6% nos últimos três meses de 2016. Este valor fica ligeiramente acima dos 0,5% estimados pelos analistas consultados pela Bloomberg.

O crescimento registado no último trimestre do ano passado marca o 16.º mês de crescimento. A expansão da economia foi impulsionada pelo sector dos serviços.


De acordo com a Bloomberg, a economia do Reino Unido teve um desempenho melhor do que o previsto desde que os eleitores votaram, no referendo de 23 de Junho, pela saída da União Europeia.

O ministro britânico das Finanças, Philip Hammond, já comentou estes números. "Todos os grandes sectores da economia cresceram no ano passado, o que dá mais provas da força e resistência da economia britânica. Pode haver incerteza no futuro à medida que fazemos ajustamentos à nossa nova relação com a Europa mas estamos prontos para aproveitar as oportunidades para criar uma economia competitiva que funcione para todos", afirmou citado pelo The Guardian.




A sua opinião0
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
pub