Economia Economia dos EUA está a crescer a um ritmo "modesto a moderado"

Economia dos EUA está a crescer a um ritmo "modesto a moderado"

Nas últimas semanas, a economia continuou a crescer em todo o território norte-americano, a um ritmo modesto a moderado, diz o Livro Bege da Reserva Federal.
Economia dos EUA está a crescer a um ritmo "modesto a moderado"
Carla Pedro 19 de abril de 2017 às 19:22

A Reserva Federal norte-americana anunciou esta quarta-feira, no seu Livro Bege, que o crescimento do país foi "modesto a moderado" entre meados de Fevereiro e final de Março.

 

No seu Livro Bege, a Fed sinaliza que os gastos das famílias – exceptuando automóveis – foram mais baixos nalgumas regiões, mas o panorama é optimista, pois os norte-americanos estão a munir-se com mais instrumentos para consumo futuro, num contexto de aumento dos salários.

 

O relatório sublinha, de forma geral, que a economia dos EUA mantém o seu rimo gradual de expansão, sem dar sinais de retoma rápida – o que se reflectiria num aumento da confiança dos consumidores e empresas, o que ainda não aconteceu. Ainda assim, a subida de salários é um bom indicador, tendo-se registado devido ao facto de a maioria dos distritos reportar "dificuldades em preencher as vagas para funções de baixa qualificação", além de uma maior procura por trabalhadores com elevadas competências.

 

O ritmo de expansão foi "equitativamente repartido entre modesto e moderado" nas 12 regiões distritais abrangidas por esta análise do Livro Bege – que se baseia em sondagens económicas levadas a cabo pelos 12 bancos regionais da Fed em todo o país e que é publicado oito vezes por ano. 

"Além disso, houve uma retoma evidente, de graus variados, em todos os sectores económicos", refere.

 

No que diz respeito à inflação, foi modesta, com os preços a subirem "apenas ligeiramente", de acordo com o mesmo documento.

 

O Livro Bege é divulgado duas semanas antes de os responsáveis da Fed tomarem nova decisão quanto à política monetária do país. A próxima reunião do Comité Federal de Mercado Aberto (FOMC) da Fed está agendada para 2 e 3 de Maio, em Washington.

 

No passado dia 15 de Março, o FOMC concluiu a reunião de dois dias de política monetária anunciando uma subida de 25 pontos dos juros directores, para um intervalo compreendido entre 0,75% e 1% - a terceira subida desde que a autoridade monetária iniciou o processo de normalização de política monetária.

 

Os membros do FOMC antecipam mais duas subidas dos juros este ano, indo assim ao encontro das expectativas do mercado, que apontam para três subidas dos juros este ano.

 

 




A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Conselheiro de Trump Há 1 semana

As economias sao como o mar.quando ele enche la para os lados da cidade da borga,vasa la para os lados do norte.Se a economia se esta a rebostar na periferia segundo a gerigonca,pena q nao nos deixe ver,ela tem forcosa/ de baixar la para as americas.Esperemos que aDBRS deite 1 pinga de oleo no motor

pub