Política Monetária Elisa Ferreira promete "defender interesse nacional" no BCE

Elisa Ferreira promete "defender interesse nacional" no BCE

A nova vice-governadora do Banco de Portugal prometeu "defender o interesse nacional num sistema altamente volátil" que é o da supervisão europeia. Elisa Ferreira elogiou também a "paridade de género entre os empossados" para a administração do Banco de Portugal.
Elisa Ferreira promete "defender interesse nacional" no BCE
Bruno Simão/Negócios
Maria João Gago 08 de setembro de 2017 às 18:32

"A defesa do interesse nacional num sistema altamente volátil" que é o da supervisão europeia foi uma das promessas deixadas por Elisa Ferreira, nova vice-governadora do Banco de Portugal, na apresentação pública dos novos administradores do banco central.

 

"O papel de um banco central não é mais simples nem menos relevante" no quadro da supervisão europeia, alertou Elisa Ferreira. A vice-governadora reconhece que, neste contexto, é mais difícil defender o interesse nacional e avisa que "esta dificuldade é agravada num quadro incompleto e instável" que é o da construção da união bancária. 

A nova vice-governadora não deixou também de dar as boas-vindas "à paridade de género, não ainda no conjunto do conselho de administração mas entre os novos empossados". E deixou um apelo aos bancos para que sigam este exemplo, tendo criticado "a escassa" presença de mulheres nas administrações do sector financeiro. 




Saber mais e Alertas
pub