Economia Embarcação naufragada na Figueira da Foz encontrada a 80 metros de profundidade

Embarcação naufragada na Figueira da Foz encontrada a 80 metros de profundidade

A Marinha encontrou o barco de pesca que naufragou na madrugada de quarta-feira. Pescador ainda desaparecido não estará dentro da embarcação.
Embarcação naufragada na Figueira da Foz encontrada a 80 metros de profundidade
Miguel Baltazar/Negócios
Lusa 03 de dezembro de 2017 às 12:37
A embarcação de pesca que naufragou quarta-feira ao largo da Figueira da Foz foi hoje encontrada a 80 metros de profundidade pelos meios envolvidos nas operações de busca, disse fonte da Marinha.

"Encontrámos a embarcação. Está a oitenta metros de profundidade, adornada e com as redes enleadas na popa. Não há indícios que tenha sido abalroada, está intacta, não está partida", disse à agência Lusa Pedro Coelho Dias, porta-voz da Marinha.

De acordo com a mesma fonte, o pescador ainda desaparecido não estará dentro da embarcação com cerca de nove metros de comprimento e a família já foi informada desse facto.

A embarcação de pesca "Veneza", registada na Figueira da Foz, mas com tripulação de Peniche, naufragou na madrugada de quarta-feira a cerca de 20 quilómetros da costa da Figueira da Foz. Aquando do naufrágio estavam a bordo quatro pessoas, sendo que as autoridades já recuperaram três corpos.



A sua opinião1
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Água Ráz Há 1 semana

Gastam dinheiro do povo a proteger os clandestinos à beira mar fazendo esporões e o que é preciso para proteger quem trabalha -barras mais seguras - ,não é preciso, que morram a trabalhar é o dilema desta seita de democratas da teta do estado socialistas ,comunistas e direitistas