Emprego Emprego em Portugal com o quarto maior aumento na Zona Euro

Emprego em Portugal com o quarto maior aumento na Zona Euro

O emprego na União Europeia atingiu o nível mais elevado de sempre.
Emprego em Portugal com o quarto maior aumento na Zona Euro
Paulo Duarte
Nuno Carregueiro 13 de dezembro de 2017 às 10:35

O número de empregos em Portugal aumentou 3,1% no terceiro trimestre face ao mesmo período do ano passado, o que representa a quarta taxa de crescimento mais elevada entre os países da Zona Euro com dados disponíveis.

De acordo com o relatório do Eurostat, a taxa de crescimento em Portugal quase duplica o registado na Zona Euro (1,7%) e na União Europeia (1,8%).

Com taxas de crescimento superiores às de Portugal apenas surgem Malta (4,9%), Chipre (3,5%) e o Luxemburgo (3,2%). Apesar do bom desempenho do mercado de trabalho em Portugal, a taxa de crescimento abrandou no terceiro trimestre. No segundo trimestre o emprego em Portugal cresceu 3,6%, acima das taxas registadas no primeiro trimestre (3,3%) e nos últimos três meses do ano passado (2,3%).

Na comparação em cadeia (terceiro trimestre contra o segundo deste ano), o emprego aumentou 0,6%, o que também compara favoravelmente com o registado na Zona Euro (0,4%) e na União Europeia (0,3%), mas também mostra um abrandamento (o crescimento em cadeia no segundo trimestre foi de 0,7%).

Os dados do Eurostat mostram que no terceiro trimestre existiam 236,3 milhões de pessoas empregadas na União Europeia, com 156,3 milhões na Zona Euro, o que de acordo com o instituto de estatística representa o nível mais elevado de sempre. Em Portugal a população empregada é de 4,84 milhões de pessoas, um aumento de 144 mil face ao mesmo período do ano passado.




Saber mais e Alertas
pub