Emprego Espanha e Irlanda criaram mais empregos do que Portugal
Assinatura Digital. Negócios Primeiro Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE

Espanha e Irlanda criaram mais empregos do que Portugal

Nos últimos anos, tanto a Irlanda como Espanha bateram Portugal na criação de postos de trabalho. Mas a tendência inverteu-se e, em 2017, Portugal conseguiu criar mais emprego. Em 12 meses, a economia criou 174 mil postos de trabalho.
Espanha e Irlanda criaram mais empregos do que Portugal
Manuel Bento/Cofina

O ano passado ficará na história pelo ritmo de criação de emprego: em 12 meses foram criados 174 mil postos de trabalho, o que representa o maior crescimento desde pelo menos 1998, ano em que começa a actual sé)

Assinatura Digital. Negócios Primeiro
Para ler tudo faça LOGIN ou ASSINE
Análise, informação independente e rigorosa.
Para saber o que se passa em Portugal e no mundo,
nas empresas, nos mercados e na economia.
  • Inclui acesso ao ePaper, a versão do Negócios tal como é impresso em papel. Veja aqui.
  • Acesso ilimitado a todo o site negocios.pt
  • Acesso ilimitado via apps iPad, iPhone, Android e Windows
Saiba mais



A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
comentar
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentários mais recentes
Anónimo 31.01.2018

Economias como a alemã e afins desenvolvem e produzem tudo aquilo que é necessário para que esta revolução onde o factor trabalho será substituído a elevada taxa por factor capital se dê em todo o mundo. É natural que viva em pleno emprego nesta transição. Muitos ganhos sob a forma de lucros, rendas, mais-valias, dividendos, propriedade intelectual e juros terá depois. Portugal está com pleno emprego porque faz camas e serve almoços àqueles, e o seu sector público é dos poucos que oficialmente "não tem excedentários". Isto não vai acabar bem para Portugal. Tal como não acabou nas outras três revoluções industriais.

Mr.Tuga 31.01.2018

Mentira!

Mais uma cabala contra o novo oasis tugaL! Mais uma cabala contra o Antoine Bosta e o Ronaldo Centeneiro....

O Carlote Xésar aXoriano vai já boicotar esta noticia !!!!!!!!!!!

Grande Costa 31.01.2018

Manipulado estás tu dos cornos Não gostas da notícia emigra FDP

pertinaz 31.01.2018

SÓ PODE SER MANIPULAÇÃO DAS ESTATÍSTICAS...

ENTÃO A ESCUMALHA QUE NOS DESGOVERNA NÃO TROUXE PORTUGAL PARA A LIDERANÇA DA EUROPA...???

QUE MISÉRIA....

ver mais comentários
Notícias só para Assinantes
Exclusivos, análise, informação independente e credível. Para saber o que se passa em Portugal e no mundo, nas empresas, nos mercados e na economia. Inclui acesso à versão ePaper.
Mais uma forma de ler as histórias
da edição impressa do Negócios.
Se ainda não é Assinante Saiba mais
pub