Justiça Estado pagou 1,4 milhões a falsos fornecedores

Estado pagou 1,4 milhões a falsos fornecedores

Dezenas de entidades públicas foram apanhadas num esquema de burla. Instituto Nacional de Estatística, Turismo de Portugal ou GNR entre as entidades afectadas, escreve o Jornal de Notícias.
Estado pagou 1,4 milhões a falsos fornecedores
Bruno Simão
Negócios 29 de setembro de 2017 às 09:51

O Estado foi burlado em 1,4 milhões de euros através do pagamento a falsos fornecedores, escreve o Jornal de Notícias desta sexta-feira, 29 de Setembro.

A publicação concretiza um esquema composto por três indivíduos que conseguiram retirar cerca de três milhões de euros a dezenas de organismos públicos e empresas, incluindo câmaras, hospitais, universidades e a própria GNR.

Entre as entidades afectadas estão os serviços prisionais, o Instituto Nacional de Estatística, o Turismo de Portugal, a Santa Casa da Misericórdia de Lisboa ou as Universidades de Coimbra e Lisboa.

Entre 2013 e 2015, este trio recorria a informação disponível nas bases de dados de contratos públicos e na Internet e contactava os devedores, entre eles entidades públicas, informando-lhes de que a conta para o pagamento da dívida tinha mudado.

Todo o esquema era organizado a partir de um sistema de "homebanking" e falsas autorizações de débito e emails, resume o Jornal de Notícias.

O "cérebro" deste esquema era um homem de 38 anos licenciado em Gestão de Empresas, entretanto condenado a 10 anos de prisão, a que se juntava o seu namorado e outro cúmplice.




A sua opinião4
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
pertinaz Há 3 semanas

??????????
NÃO PAGAM AOS FORNECEDORES E PAGAM A FALSOS FORNECEDORES...???
ALGUÉM TEM DE IR PARA A CADEIA...!!!

Mr.Tuga Há 3 semanas

Nós por cá...

Camponio da beira Há 3 semanas

para burlar as pessoas no contactpo directo mandam gajas com minisais e decotes, já via internet, qualquer pan eleiro, serve.

Camponio da beira Há 3 semanas

Quando é para burlar as pessoas nas nos contactos directos mandam gajas com decotes e minisais, via internet qualquer paneleiro serve.

pub