Energia Estado perde 200 milhões com fraude no gasóleo importado de Espanha

Estado perde 200 milhões com fraude no gasóleo importado de Espanha

A fraude consiste em trazer de Espanha, por via terrestre, gasóleo, não pagando IVA nem ISP ao fisco português. Em causa estarão 200 milhões de euros, avança o Jornal de Notícias.
Estado perde 200 milhões com fraude no gasóleo importado de Espanha
Negócios 12 de fevereiro de 2018 às 09:05

Ao longo dos últimos quatro a cinco anos, o Estado português terá sido lesado em cerca de 200 milhões de euros devido à importação de gasóleo ilegal de Espanha.

 

Em causa estão 50 milhões de litros de gasóleo por ano, importados por via terrestre de Espanha, que não pagaram IVA e de ISP, lesando o Estado português.

 

As suspeitas foram enviadas pela Associação Portuguesa de Empresas Petrolíferas (Apetro) para a Autoridade Tributária e Aduaneira.




A sua opinião6
Este é o seu espaço para poder comentar o nosso artigo. A sua opinião conta e nós contamos com ela.
Faltam 300 caracteres
Negócios oferece este espaço de comentário, reflexão e debate e apela aos leitores que respeitem o seu estatuto editorial, promovam a discussão construtiva e combatam o insulto. O Negócios reserva-se ao direito de editar, apagar ou mesmo modificar os comentários dos seus leitores se atentarem contra o bom senso e seriedade.O acesso a todas as funcionalidades dos comentários está limitada a leitores registados e a Assinantes.
comentar
comentários mais recentes
Alentejano Há 4 dias

Engraça-ditos. agora a culpa é do coitado que vai encher o deposito a Espanha e trás uma garrafa de gás? Baixem os impostos ou acabem com a vergonha da dupla tributação (ipp+iva 2 impostos num único produto e não é situação única temos o tabaco o álcool os automóveis ). Só sabem chorar trab. nada

Anónimo Há 5 dias

De espanha nem bom vento ,nem bom casamento , nem bom gasoleo

Camponio da beira Há 5 dias

As bombas Bp Alto de Leomil (perto de V. Formosos eram umas das bombas que mais facturavam na europa, agora está às moscas. Se contabiolizarmos todas as outras fronteiriças é uma autentica fortuna perdida em impostos e mão de obra, Se os nossos governantes soubessem fazer contas!

Camponio da beira Há 5 dias

Esses numeros não estão mninimamente dentro da realidade. Os muitos camiões de longo curso, nada abastecem em Portugal, e os cidadãos porto da fronteira abastecem lá também a gasolina. Logo esse valor deve andar muitissimo por baixo.Massacram os portugueses com impostos e eles desenrascam-se

ver mais comentários