Assinatura digital. Negócios Primeiro
Esta notícia é exclusiva e reservada a assinantes
Eurostat
Estado português foi o que mais aumentou garantias em 2011
23 Abril 2012, 23:30 por Pedro Romano | promano@negocios.pt
Enviar por email
Reportar erro
0
Portugal fechou o ano de 2011 com um défice de 4,2% do PIB, em linha com a média da Zona Euro e abaixo do limite de 5,9% negociado com a troika. Mas também, durante esse ano, o Governo português foi, ao nível europeu, o que mais aumentou o nível de garantias dadas a dívida fora do sector público, expondo-se assim ao incumprimento de terceiros.
O Eurostat confirmou ontem que Portugal fechou o ano de 2011 com um défice de 4,2% do Produto Interno Bruto (PIB), em linha com a média da Zona Euro e abaixo do limite de 5,9% negociado com a troika. Mas revelou também que durante ...
Enviar por email
Reportar erro
0
pesquisaPor tags:
alertasPor palavra-chave: